Saúde

Jovens criam preservativo que muda de cor em contato com DSTs

Produto detecta bactérias e infecções na hora.
Imirante.com24/06/2015 às 20h02

SÃO LUÍS - A invenção de um grupo de adolescentes ingleses, com idades de 13 e 14 anos, pode revolucionar a forma de detectar e tratar as doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). O preservativo, chamado de S.T.EYE., detecta bactérias e infecções nos órgão genitais do usuário e muda de cor de acordo com a doença detectada.

O produto deve ficar amarelo em contato com herpes, verde se detectar clamídia, azul no caso de sífilis e roxo no de Papiloma vírus humano (HPV).

Por causa da inovação, os jovens receberam o reconhecimento do TeenTech Awards com o prêmio de 100 mil libras e uma viagem ao Palácio de Buckingham, onde vive a realeza britânica.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.