Bodas de Ouro

Laborarte celebra 50 anos em 2022 dando pontapé inicial com o projeto Arte da Nossa Gente

As inscrições são presenciais e podem ser realizadas nas sedes de cada comunidade. O lançamento oficial do projeto acontece na quinta-feira (10/2), às 16h, no Casarão Laborarte, localizado na Rua Jansen Muller, 42, Centro

Pedro Sobrinho/Jornalista

- Atualizada em 27/03/2022 às 10h56
Rosa Reis conversando sobre o projeto Arte da Nossa Gente. Foto: Divulgação
Rosa Reis conversando sobre o projeto Arte da Nossa Gente. Foto: Divulgação (Rosa Reis)

Idealizado pelo Grupo Laborarte, que este ano comemora 50 anos de existência, o projeto “Arte da Nossa Gente” acontecerá nos meses de fevereiro, março e abril de 2022. E quem trocou ideia sobre o assunto nesta terça-feira (8/2), no PLUGADO, na MIRANTE FM, foi a cantora e compositora ROSA REIS, também gestora do Casarão Laborarte, localizado na rua Jansen Muller, no Centro Histórico de São Luís.

As inscrições são presenciais e podem ser realizadas nas sedes de cada comunidade. Elas podem ser feitas até dia 10/2 (quinta-feira) ou enquanto durarem as vagas (25) disponíveis.

Segundo Rosa Reis, o objetivo do projeto é realizar oficinas e vivências artísticas e culturais em 21 comunidades de São Luís. Quem assina a identidade visual é a designer, artista visual e cantora Gabriela Maurity.

- É com alegria e entusiasmo que um dos líderes do Casarão Laborarte, Mestre Nelsinho Brito, dá início ao projeto: “justamente no ano que a gente (Laborarte) completa 50 anos, nós vamos executar um projeto dessa envergadura com uma coisa que adoramos fazer - que é a descentralização, levar as nossas atividades valorizando a arte e a cultura pra vários bairros de São Luís - comenta Rosa Reis.

Cada comunidade receberá duas oficinas que acontecerão duas vezes por semana, com início no dia 14 de fevereiro e encerramento marcado para 8 de abril.

- Nós contemplamos as comunidades do São Francisco, João de Deus, Centro, Madre Deus, Vila Lobão, Jordoa, Sá Viana, Forquilha, Sol e Mar, Vila Primavera, Maracanã, Pedrinhas, Mato Grosso, Santo Antônio, Gapara, Vila Embratel, Anjo da Guarda, Mauro Fecury 2, Vila Isabel, Vila Ariri e Residencial Paraíso, onde cada um desses lugares possui um coordenador local que faz a ligação direta entre o projeto e a comunidade - explica.

Sobre a diversidade do projeto, a produtora executiva Fernanda Monteiro conta mais sobre: "O projeto promete movimentar as periferias de São Luís com muita arte e cultura, envolvendo associações, lideranças comunitárias, juventude, mulheres, crianças e idosos para participarem”.

Entre as oficinas estão: capoeira, artes circenses, tambor de crioula, violão, percussão, pintura, graffiti, dança, dança popular e zumba. A faixa etária das oficinas varia e atende a crianças, jovens e adultos.

O lançamento oficial do projeto acontece no próximo dia 10 de fevereiro (quinta-feira), às 16h, no Casarão Laborarte, localizado na Rua Jansen Muller, 42, Centro. O lançamento contará com a presença dos idealizadores do projeto, parceiros, oficineiros, coordenadores das comunidades e autoridades locais.

Parceiros

O lançamento oficial do projeto acontece no próximo dia 10 de fevereiro (quinta-feira), às 16h, no Casarão Laborarte, localizado na Rua Jansen Muller, 42, Centro. O lançamento contará com a presença dos idealizadores do projeto, parceiros, oficineiros, coordenadores das comunidades e autoridades locais.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.