Exclusivo

Novo ferryboat começará a operar nesta quinta-feira (25), diz MOB

Previsão é que os trâmites de autorização junto à Capitania sejam concluídos até à tarde de hoje

Rodrigo Bomfim/Rádio Mirante AM

- Atualizada em 24/08/2022 às 11h20
Embarcação São Gabriel.
Embarcação São Gabriel. (Reprodução/Redes Sociais)

SÃO LUÍS - Adquirida pelo Governo do Estado para inclusão no sistema de travessia entre os Terminais da Ponta da Espera e do Cujupe, a embarcação São Gabriel irá começar a operar nesta quinta-feira (25), segundo Celso Borgneth, presidente da Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), em declaração durante a edição desta quarta-feira (24) do programa Ponto Final, da Rádio Mirante AM.

Borgneth garantiu que os trâmites de autorização junto à Capitania serão concluídos até à tarde desta quarta e que as primeiras viagens-teste serão realizadas no dia seguinte.

“Todo o procedimento que foi feito no [ferry] José Humberto está sendo feito agora no São Gabriel, mas como é uma embarcação que estava em operação na travessia Belém-Ilha de Marajó, acreditamos que até hoje a tarde toda a autorização seja concluída pela Capitania”, afirmou.

O novo cronograma de viagens feito pela MOB e que será divulgado nas próximas horas prevê duas viagens diárias. A empresa proprietária da embarcação diz que, pela potência e engenharia, três ou quatro viagens podem ser feitas.

“Vamos começar com duas e, tendo necessidade, podemos fazer viagens extras”, pontuou Borgneth.

Retorno do ‘Araioses’

O titular da MOB também confirmou que a reforma da embarcação Araioses teve sua reforma concluída nesta manhã. Segundo Celso, testes serão realizados nos novos motores do ferryboat ainda nesta quarta-feira. Uma vistoria da Capitania também está marcada para esta quinta-feira e existe a previsão de que a embarcação volte a operar entre sábado (27) e domingo (28).

“A licitação feita no ano passado prevê oito barcos para a plenitude da travessia do transporte aquaviário. Fazendo uma conta, com a capacidade do São Gabriel, de cem carros e 1.120 pessoas sentadas, equivale aos três barcos da Internacional. Então teríamos seis barcos, com mais o Araioses, sete, e mais o José Humberto, oito. Praticamente, o sistema de travessia estaria resolvido”, disse.

Ouça a entrevista completa.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.