Investigação

Polícia irá analisar imagens do homicídio em PetShop

O assassino confesso de Dino Márcio disse em depoimento que foi vítima de racismo.

Rádio Mirante AM

- Atualizada em 16/05/2022 às 09h37
Polícia investiga o caso.
Polícia investiga o caso. (Redes sociais)

SÃO LUÍS - Após a prisão nessa quarta-feira (11) de Edson Guedes, assassino confesso de Dino Márcio, morto a tiros em frente a uma PetShop no bairro Cohama em São Luís, a polícia irá analisar as imagens do local do para confirmar a veracidades dos fatos mencionados no depoimento de Edson Guedes.

Em entrevista à repórter Alessandra Rodrigues da Rádio Mirante AM, o delegado da SHPP, Armando Pacheco, deu detalhes dos próximos passos da investigação.

“Nós vamos partir do que ele alegou, do que foi apurado preliminarmente. Vamos coletar as imagens com a dinâmica que ele apontou, como se desenvolveu a dinâmica dos disparos e também vamos fazer as oitivas com as testemunhas”, disse Armando.

Ouça a reportagem.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.