Justiça

Acusado de matar e enterrar corpo da ex-namorada de 16 anos é condenado em Imperatriz

Gabriel Weverton foi condenado a 14 anos dois meses e 12 dias de prisão.
Tátyna Viana/Imirante.com25/11/2021 às 07h09
"Zé Maguim" foi condenado durante julgamento em Imperatriz. Foto: Divulgação.

IMPERATRIZ - Gabriel Weverton Fontes da Silva, de 22 anos, conhecido como “Zé Maguim”, acusado de matar a golpes de faca e enterrar o corpo da ex-namorada, de 16 anos, sentou no banco dos réus no Fórum Henrique da La Rocque, nessa quarta-feira (24), em Imperatriz.

Leia mais:

Jovem que matou e enterrou corpo de ex-namorada participa de audiência

Suspeito de matar adolescente confessa crime e alega ameaças

Preso suspeito de ter matado ex-namorada e enterrado em cova rasa

O julgamento, que entrou pela noite, terminou com a condenação do réu a 14 anos, dois meses e 12 dias de reclusão em regime fechado, pelos crimes de homicídio quadruplamente qualificado e ocultação ao cadáver.

O crime aconteceu em junho de 2018, no bairro Bacuri, e o corpo da adolescente foi enterrado em uma cova rasa, próximo ao riacho Cacau.

Gabriel foi preso ainda em 2018, depois que fotos da execução foram divulgadas na internet. De acordo com as investigações da Polícia Civil, o crime se enquadra como feminicídio pela motivação, considerado passional porque o acusado não aceitava o fim do relacionamento com a vítima.

Outros dois casos de feminicídios ocorridos nos últimos anos em Imperatriz estão na pauta do Tribunal do Júri para os próximos dias.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.