Tristeza e revolta

VÍDEO: idosa de 92 anos morre após ter energia elétrica cortada em Imperatriz

Ela precisava utilizar aparelho de nebulização; Equatorial disse que iniciou uma apuração interna.
Imirante.com05/02/2020 às 06h24

IMPERATRIZ - Uma idosa, de 92 anos de idade, morreu nessa terça-feira (4), no bairro Itamar Guará, em Imperatriz, após ficar impossibilitada de realizar tratamento por meio de inalação porque o fornecimento de energia elétrica de sua casa tinha sido cortado.

De acordo com relatos de um parente da vítima, Josefa Maria da Conceição estava chegando do hospital para tratamento respiratório e tinha sido aconselhada pelos médicos a voltar para casa e repousar usando o aparelho de nebulização. Mas um funcionário da Equatorial (antiga Cemar) chegou para cortar a energia da residência.

No vídeo, amplamente divulgado nas redes sociais, de nada adiantou os apelos de parentes e vizinhos mais próximos para que o técnico da Equatorial efetuasse o corte após 24 horas, tempo suficiente para que a única conta em atraso, de apenas 15 dias, fosse quitada. Sem o nebulizador, a idosa morreu dentro de casa no dia seguinte.

Idosa morreu após falta de nebulização devido a corte de energia. Foto: Reprodução.

Em nota, a Equatorial Maranhão lamentou o ocorrido, e disse que “não é possível atestar qualquer relação entre a suspensão do fornecimento e o fatídico acontecimento”. Ressaltou, ainda, que fará apuração interna, para depois adotar “as medidas administrativas que o caso requer”.

Veja a nota na íntegra:

A Equatorial Maranhão lamenta o ocorrido no bairro Itamar Guará, em Imperatriz, nesta terça-feira (04). Entretanto, cabe esclarecer que até o momento não é possível atestar qualquer relação entre a suspensão do fornecimento e o fatídico acontecimento. De todo modo, a Equatorial Maranhão, informa que já deu início a ampla e profunda apuração interna e, após a sua conclusão, adotará as medidas administrativas que o caso requer.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.