Maus-tratos

Continua preso motociclista suspeito de amarrar e arrastar cachorro por rua em Imperatriz

Pedro Barbosa Miranda passou por uma Audiência de Custódia, que decidiu por mantê-lo preso.
Imirante.com Imperatriz25/03/2019 às 09h27
Continua preso motociclista suspeito de amarrar e arrastar cachorro por rua em ImperatrizPedro Barbosa passou por uma Audiência de Custódia, que decidiu por mantê-lo preso. (Foto: divulgação)

IMPERATRIZ – Segue preso na Unidade de Prisional de Ressocialização de Imperatriz (UPRI), o motociclista, identificado por Pedro Barbosa Miranda, 39 anos, que é suspeito de praticar maus-tratos a um cachorro no começo deste mês, em Imperatriz. Ele foi flagrado por testemunhas arrastando um cachorro numa moto, amarrado a uma corda por uma rua da cidade.

Saiba mais:

Cachorro que foi arrastado pela rua segue internado em clínica veterinária de Imperatriz

Após a grande repercussão do caso, Pedro se apresentou espontaneamente na delegacia para justificar o fato. Acabou sendo autuado por maus-tratos aos animais e também porque a moto em que ele puxou o animal estava com a placa adulterada. Pedro passou por uma Audiência de Custódia, que decidiu por mantê-lo preso.

No vídeo que se propagou nas redes sociais, Pedro levava o animal amarrado à moto, após ter recebido o animal de um amigo. Ele alegou que o cão não queria ir com ele. Após ser flagrado, o cachorro acabou voltando para a casa do seu antigo dono, que decidiu se desfazer do animal após ele começar a comer pintos no quintal da casa.

O bicho foi resgatado e entregue ao Grupo de Proteção aos Animais de Imperatriz (GPAI), que o batizou de “Negão”. Após passar por tratamentos numa clínica veterinária, o cão foi colocado para adoção, numa feirinha, realizada nesse fim de semana. Famoso, ele finalmente encontrou uma nova família sendo adotado pelo casal Carlos Eduardo Reis e Gláucia Prado, que ficaram sensibilizados com a história do animal.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.