Uema

Professores substitutos da Uema reclamam de atraso salário

O atraso no pagamento de salários já dura sete meses.
Geovana Frasão/Imirante Imperatriz30/01/2015 às 15h10

IMPERATRIZ – Os professores substitutos aprovados no processo seletivo realizado pela Universidade Estadual do Maranhão (Uema), em julho de 2014, desde que assumiram a função nunca receberam salários. Em Imperatriz são 81 profissionais que estão a sete meses a espera de pagamento.

De acordo com o novo diretor da Uema, professor Paulo Catunda, o problema ocorreu pelo fato de que não havia sido feito as matrículas dos aprovados na Secretaria de Estado de Gestão e Previdência.

Em reunião realizada na tarde da última quarta-feira com a equipe do Governo do Estado, o diretor do campus foi informado que a situação foi regularidade, ou seja, as matrículas de todos os professores seletivados foram realizadas e eles finalmente deve receber os valores em atraso.

O diretor disse, ainda, que todos esses professores irão continuar a lecionar na Uema, conforme prevê o edital, por um período de um ano, prorrogável por mais um.
As aulas, na Uema, começam dia 16 de março e eles vao poder trabalhar normalmente.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.