"Fé e bola na rede"

"Artilheiro da Fé", Ciel é o maior goleador do Brasil nesta temporada

Atacante do Sampaio Corrêa tem 28 gols e supera atacantes como Gabigol, do Flamengo, e Diego Souza, do Grêmio
Eduardo Lindoso / O Estado 14/07/2021 às 15h56
"Artilheiro da Fé", Ciel é o maior goleador do Brasil nesta temporadaCiel é o maior artilheiro do ano no Brasil (Divulgação / Sampaio Corrêa FC)

SÃO LUÍS – O Sampaio Corrêa pegou gosto pelo gol e em mais uma temporada tem o artilheiro do futebol brasileiro do ano, pelo menos até agora. Lembrando, que na temporada de 2020 o maior goleador do ano no país foi Caio Dantas, que defendeu a Bolívia Querida na Série B, e fez 24 gols por três clubes diferentes. Neste ano, mais uma vez o artilheiro do ano veste a camisa tricolor. Ciel, com 28 gols, foi o jogador do Brasil até agora que mais mandou bolas para o fundo das redes, somando suas passagens por Caucaia, Salgueiro e agora Sampaio Corrêa, superando atacantes como Gabigol, do Flamengo (22 gols), Gilberto, do Bahia (20 gols) e Diego Souza, do Grêmio (20 gols). E na última partida do Sampaio pelo Brasileiro, o “artilheiro da Fé” fez dois gols e salvou o time de uma derrota para o Vitória, que vencia por 2 x 0.

Os dois gols que Ciel fez no empate por 2 x 2 do Sampaio com o Vitória, em partida válida pela 11ª rodada da Série B, na noite desta terça-feira, 13, no Barradão, em Salvador, fizeram o camisa 99 do Sampaio chegar aos 28 gols no ano, deixando os concorrentes ainda mais distantes. Detalhe, os números dos artilheiros do ano contam gols de 2021, portanto ainda leva-se em consideração as competições de 2020 que se encerraram somente neste ano.

Ciel iniciou este ano no Caucaia, do Ceará, onde fez 18 gols. Em seguida, se transferiu para o Salgueiro. No time do interior de Pernambuco, o atacante fez quatro gols. E já com a camisa da Bolívia Querida são seis tentos, dois no Campeonato Maranhense e mais quatro na Série B, em 16 partidas.

“Primeiramente a honra e glória do senhor Jesus Cristo, eu sempre falo isso. A gente fez um primeiro tempo muito bom, mas saímos perdendo. Chegou no vestiário a gente conversou bastante. Chegamos para o segundo tempo atentos. Eu falei para os caras: ‘a gente vai empatar esse jogo’. Graças a Deus a gente foi feliz em duas bolas. Fui feliz de fazer os dois gols. E eu dedico esses gols para minha filha, que faz aniversário hoje [ontem] a Sara Iasmim, e para minha esposa, que fez aniversário dia nove”, disse o “artilheiro da fé” após os dois gols salvadores no empate na Bahia.

Com o resultado diante do Vitória, o Sampaio Corrêa se manteve no G-4 da Série B, com 19 pontos, na quarta colocação. Na próxima rodada a equipe maranhense enfrenta o Coritiba, nesta sexta-feira, 16, às 21h30, no estádio Castelão, em São Luís.

Artilheiros do ano no Brasil

1 - *Ciel | Caucaia, Salgueiro e Sampaio Corrêa | 28 gols

2 - Gabigol | Flamengo | 22 gols

3 - Gilberto | Bahia | 20 gols

4 - Diego Souza | Grêmio | 20 gols

5 - Manoel | Altos-PI | 19 gols

6 - Zé Love | Brasiliense | 19 gols

7 - Pedro Perotti | Chapecoense | 19 gols

8 - Vanílson | Goianésia e Manaus | 18 gols

9 - Germán Cano | Vasco | 16 gols

10 - Joãozinho | Costa Rica-EC | 15 gols

* Todos os gols de Ciel em 2021

CAUCAIA

Copa Fares Lopes: 10 gols

Campeonato Cearense: 8 gols

SALGUEIRO

Campeonato Pernambucano: 1 gol

Copa do Nordeste: 3 gols

SAMPAIO CORRÊA

Campeonato Maranhense: 2 gols

Brasileirão Série B: 4 gols

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.