Na história

Após conseguir o acesso, Meinha acredita ter "deixado um legado" no MAC

Está foi a terceira passagem de Meinha pelo MAC. As outras foram em 2007 e 2013.
Heider Matos/Imirante.com25/10/2015 às 19h25

SÃO LUÍS – Com uma campanha quase impecável, o Maranhão Atlético Clube retornou à elite do futebol maranhense. Um dos responsáveis pelo acesso foi o técnico Meinha, velho conhecido dos clubes do Maranhão. O treinador foi confirmado no comando do Quadricolor maranhense no dia 6 de julho deste ano, às vésperas do início da competição, para a missão de devolver o Bode Gregório à Primeira Divisão do Estadual.

Conhecido por ser um técnico “linha dura”, Meinha agora colhe os frutos de um trabalho de pouco mais de três meses e acredita ter deixado, mais uma vez, um legado na história do Maranhão Atlético Clube.

“De onde não podia ter descido. O grupo está de parabéns por tudo. Era difícil porque só subia um. E essa nossa campanha foi muito boa. Nós perdemos só um jogo. Aqui nós não tomamos nenhum gol e fizemos 19. Então isso facilitou pra caramba o trabalho e a dedicação desse grupo. Tá na história e nós deixamos um legado de novo no Maranhão”, disse o treinador.

Está foi a terceira passagem de Meinha pelo MAC. O treinador esteve à frente da equipe campeã de Maranhense de 2007. A sua segunda passagem foi em 2013, mas o treinador foi demitido antes do término da competição. Naquela temporada, o Bode também conquistou o Estadual. Antes de retornar ao MAC, Meinha treinou o Santa Quitéria nas temporadas 2014 e 2015.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.