Vídeo: Melhores momentos

Desfalcado, São Paulo leva virada do Fluminense com show de Cano

Argentino fez os três gols da vitória do Flu sob aplausos da torcida pelo Brasileirão.

Gazetapress

- Atualizada em 05/11/2022 às 19h46
Cano teve atuação brilhante no Maracanã
Cano teve atuação brilhante no Maracanã (Mailson Santana/FFC)

RIO - O São Paulo não conseguiu superar doze desfalques e perdeu para o Fluminense, neste sábado, no Maracanã, por 3 a 1. A partida, válida pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, contou com gol de Luciano no primeiro tempo. Já na segunda etapa, Germán Cano, em atuação brilhante, marcou três vezes e garantiu a virada dos cariocas.

Com o resultado, o Tricolor Paulista tem permanência ameaçada na zona de classificação para a próxima Copa Libertadores. A equipe de Rogério Ceni ocupa a 8ª posição da tabela e soma 51 pontos, mas pode ser ultrapassada pelo América-MG ainda nesta rodada. O Flu, por sua vez, é o vice-líder e tem 64 pontos.

O São Paulo retorna aos gramados na terça-feira, às 21h30 (de Brasília), quando enfrenta o Internacional no Morumbi. O Fluminense, por sua vez, recebe o Goiás, na quarta-feira, às 19 horas.

O jogo
O Fluminense, comandado por Fernando Diniz, pressionou o São Paulo no início, mas foi a equipe de Rogério Ceni quem criou a primeira grande chance. Aos sete, após boa troca de passes, Luciano deixou a bola na entrada da área para Jonathan Calleri, que finalizou no centro da meta e viu o goleiro efetuar a defesa. Dois minutos mais tarde, o cenário se inverteu: o atacante foi acionado pelo argentino e saiu de frente para o gol, mas Fábio trabalhou mais uma vez.

Os mandantes responderam aos 17 minutos. Em rápida construção ofensiva, Cano recebeu e bateu forte, da linha da grande área, mas acertou o travessão. A partida ficou relativamente morna até os 29, quando os visitantes abriram o placar. Depois de cobrança lateral, e rebatida do defensor, a bola sobrou para Luciano. Próximo à meia-lua, o atacante são-paulino emendou um chute de primeira, acertou o ângulo direito e anotou uma verdadeira pintura.

Os cariocas quase deram o troco quatro minutos mais tarde. Cano recebeu passe em profundidade de Ganso e, de frente para Felipe Alves, finalizou rasteiro. A bola passou raspando a trave esquerda. Já aos 38, Yago Felipe bateu de longe e viu o são-paulino espalmar. O mesmo ocorreu aos 42, quando o goleiro saiu jogando errado e defendeu chute de Cano, que tentou marcar de cobertura.

Cano por pouco não igualou o marcador já nos acréscimos, aos 49 minutos. O artilheiro aproveitou cruzamento na medida de Ganso e cabeceou perfeitamente. A bola quicou no gramado e Felipe Alves fez ótima defesa, providencial para que o São Paulo mantivesse a vantagem.

Segundo tempo

Se o primeiro tempo foi favorável ao São Paulo, o segundo contou com domínio total do Fluminense. O empate dos anfitriões saiu ainda no minuto inicial da etapa complementar. Felipe espalmou chute de Aleksander e, no rebote, Cano apenas empurrou para o fundo das redes. O tento havia sido anulado inicialmente, mas o árbitro, após auxílio do VAR, confirmou aquele que seria o 40º gol do argentino na temporada.

A pressão do Fluminense surtiu efeito, e o time da casa logo virou o jogo. Aos onze minutos, Matheus Martins recebeu pela direita, cruzou rasteiro e viu Cano - livre em meio aos defensores - só concluir para o segundo gol do time de Fernando Diniz.

O Flu ampliou a vantagem três minutos mais tarde, novamente com o argentino. Desta vez, aos 14, ele marcou de cabeça, após linda jogada e cruzamento perfeito de Ganso pela esquerda, dando números finais à partida. Germán Cano, assim, conseguiu um hat-trick perfeito no Maracanã: um gol de direita, um de esquerda e outro de cabeça.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 3 X 1 SÃO PAULO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 5 de novembro de 2022 (sábado)
Horário: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Lúcio Beiersdorf Flor (RS)
VAR: Rodrigo D’Alonso Ferreira (SC)
Público: 41.558 presentes (38.839 pagantes)
Renda: R$ 1.121.292,50
Cartões amarelos: Nino (Fluminense); Rafinha (São Paulo)
Cartão vermelho: Rafinha (São Paulo)

GOLS: Fluminense: Germán Cano (1min, 11mins e 14 mins do 2º tempo)
São Paulo: Luciano (29mins do 1º tempo)

FLUMINENSE

Fábio; Samuel Xavier, Nino (Nathan), Manoel e Cristiano (Aleksander); André, Martinelli, Yago Felipe (Matheus Martins) e Ganso (Felipe Melo); Cano (Michel Araújo) e Arias
Técnico: Fernando Diniz

SÃO PAULO

Felipe Alves; Rafinha, Ferraresi e Léo; Reinaldo (Marcos Guilherme), Igor Gomes (Talles), Pablo Maia, Patrick (Galoppo) e Wellington; Luciano (André Anderson) e Calleri (Bustos)
Técnico: Rogério Ceni

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.