Série B

Sampaio vai precisar superar "pedra no sapato" para conseguir acesso

Com desempenho ruim fora de casa, Tricolor precisará de vitórias como visitante nesta reta final.

Eduardo Lindoso / Imirante Esporte

- Atualizada em 05/10/2022 às 09h10
Sampaio Corrêa vem de três vitórias seguidas
Sampaio Corrêa vem de três vitórias seguidas (Ronald Felipe / Sampaio Corrêa)

SÃO LUÍS – Quatro vitórias nas últimas cinco partidas, “colado” no G-4, com o artilheiro da Série B na equipe e uma tabela cheia de confrontos diretos na briga pelo acesso. Esse cenário é o melhor possível para o Sampaio Corrêa nesta reta final da competição. Porém, uma “pedra no sapato” ainda precisa ser superada: o desempenho fora de casa. Com apenas uma vitória longe de São Luís, a Bolívia Querida tem o pior desempenho neste recorte da disputa e, se quiser seguir sonhando com a Série A de 2023, vai precisar melhorar e muito neste aspecto. Nesta reta final, serão cinco partidas, três fora e duas em casa.

VEJA MAIS

Sampaio Corrêa bate a Ponte Preta, engata terceira vitória seguida e fica a um ponto do G4 da Série B

VÍDEO: Assista aos melhores momentos de Sampaio Corrêa x Ponte Preta
 

Depois de passar momentos de bastante oscilação nesta edição da Série B, o Sampaio Corrêa reagiu nas rodadas finais, vem de três vitórias consecutivas, apenas uma derrota nos últimos oito jogos e sonho pelo acesso ficou mais vivo do que nunca, ainda mais depois de vencer os concorrentes diretos Grêmio e Ponte Preta no Castelão, em São Luís.

Até aí, tudo bem. Mas agora que vem a parte mais complicada, que precisa ser superada. Na próxima rodada, o Tricolor visita o CSA, às 21h30, da próxima sexta-feira (7), no estádio Rei Pelé, em Alagoas, e tem de vencer para se manter entre as equipes que vão brigar pelas três vagas restantes no G-4.

E, para triunfar em Alagoas, a equipe do técnico Léo Condé vai tem que superar o trauma das atuações fora de casa neste Campeonato Brasileiro. Até o momento, foram 16 jogos e apenas uma vitória, com cinco empates e 10 derrotas, aproveitamento de pouco mais de 16%. O ponto positivo é que na última vez que atuou longe de sua torcida a equipe maranhense venceu o Náutico, por 3 x1, em um estádio dos Aflitos, em Recife, lotado, com a equipe pernambucana tentando fugir do rebaixamento.

Agora, nas cinco rodadas final serão dois jogos em casa e três fora. E as três partidas como visitante serão justamente contra equipes que também brigam pelo acesso, com exceção do CSA, que luta desesperado contra a degola. Depois dos alagoanos, a Bolívia Querida ainda enfrenta Ituano, Vasco e Londrina longe de seus domínios – todas equipes que estão na disputa pelas três vagas restante no grupo do acesso.

Neste momento, antes do complemento da 33ª rodada, o Sampaio Corrêa tem 48 pontos e ocupa a 5ª posição.

Sampaio Corrêa enfrenta o CSA na noite desta sexta-feira (7), às 21h30, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, com transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte.

Últimos cinco jogos do Sampaio na Série B

07/10/

21h30 - CSA x Sampaio (fora)

11/10/

21h30 - Sampaio x Chapecoense (em casa)

22/10/

19h - Ituano x Sampaio (fora)

27/10/

20h - Vasco x Sampaio (fora)

06/11

18h30 - Sampaio x Londrina (em casa)


 


 


 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.