Tá difícil

Adversário do Moto vive crise dentro e fora de campo

Tuna Luso (PA) quer voos mais altos, mas desentendimentos administrativos impedem

Thiago Bastos / Imirante Esporte

Tuna Luso (PA) quer voos mais altos, mas desentendimentos administrativos impedem
Tuna Luso (PA) quer voos mais altos, mas desentendimentos administrativos impedem (Jason Borges)

BELÉM (PA) – A Tuna Luso (PA), adversária do “Papão” do Norte neste sábado (28) pela Série D do Brasileiro em Belém às 15h com total cobertura do Imirante Esporte vive uma crise dentro e fora dos gramados. 

Retornando às competições nacionais neste ano, a Tuna da “Águia Guerreira” quer voos mais altos, mas desentendimentos administrativos impedem tal missão. O time é o último colocado na atual chave 2 da Série D do Brasileiro. 

Com apenas dois pontos, a Tuna ainda não sabe o que é vencer na competição. Já nesta Série D, a diretoria trocou o comando técnico, mesmo assim, dentro de campo os resultados ainda não compareceram. 

Para complicar ainda mais a situação, alguns jogadores deixaram o clube por não concordarem com determinação da administração do clube de redução dos salários. 

Um deles foi o atacante Paulo Rangel, que na atual temporada em 18 partidas havia assinalado 9 gols. Além dele, de acordo com o portal GE, outros jogadores também deixaram o clube, como o zagueiro Romário e os meias Netto e Alexandre Santana. 

Uma das principais organizadas da Tuna pediu a saída da presidente do clube, Graciete Maués. Atualmente, ela é interina da Federação Paraense de Futebol. 

A Tuna tentará a reabilitação diante do time rubro-negro maranhense e quer espantar de vez a má fase com resultados dentro de campo.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.