Difícil ficar

Márcio Diogo abre conversas com outros clubes e "esfria" renovação com o Moto

Jogador falou ao Imirante Esporte que está vendo outros projetos.

Thiago Bastos / Imirante Esporte

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h55
Meia dificilmente deve permanecer na temporada do ano que vem.
Meia dificilmente deve permanecer na temporada do ano que vem. (Hiago Ferreira / Moto Club de São Luís)

SÃO LUÍS – O meia-atacante Márcio Diogo admitiu ao Imirante Esporte que está em negociação com outros clubes para a próxima temporada. Com isso, as chances de permanência no “Papão” diminuíram.

Segundo o jogador, foi feito um acordo prévio com o clube, com preliminar redução salarial. “Houve uma proposta do Moto, eu enviei uma contraproposta. E nada mais foi conversado”, disse.

O atleta, que tinha predisposição para ficar no clube, disse que ainda negocia as pendências salariais com o clube. Márcio Diogo não falou com quais clubes negocia. Ao Imirante Esporte, o presidente do Moto, Yglésio Moyses, disse que não há acerto com o jogador. "Houve uma redução, mas ainda insuficiente para os interesses do clube", disse.

O meia voltou ao Moto Club em maio deste ano para a disputa da Série D. Ele jogou pelo rubro-negro nos anos de 2018 e 2019. Antes do Moto, o jogador passou pelo Pinheiro e disputou o Campeonato Maranhense deste ano.

Para compensar a perda do meia, o Moto Club confirmou a permanência para 2022 de Cleitinho. Além dele, em entrevista à Rádio Mirante AM nesta terça-feira (7), o presidente do clube, Yglésio Moyses disse que o goleiro João Paulo também permanecerá.

LEIA TAMBÉM

"Nós temos o interesse de permanecer, se o gestor quiser", diz diretor da Pratic

Acesso ao CT do Moto recebe asfalto e fato é destacado nas redes sociais

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.