Troféu Mirante

Herbert Fontenele é homenageado no Troféu Mirante

'Esse Troféu é a cereja no bolo', disse o comentarista esportivo.

Gustavo Arruda / Imirante.com

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h46
(De Jesus / O Estado)

SÃO LUÍS – Grande nome da equipe de esportes da rádio Mirante AM e da TV Mirante, o comentarista Herbert Fontenele Filho foi o grande homenageado do Troféu Mirante Esporte, realizado na noite desta quinta-feira (29), no Teatro Arthur Azevedo. Nascido no Piauí e com três Copas do Mundo no currículo, Fontenele está no Maranhão desde os 17 anos e carrega uma experiência de 55 anos dedicados ao jornalismo esportivo e ao futebol maranhense.

Leia mais

Multicampeão Rafael Leitão cobra patrocínios a atletas

Aos 11 anos, 'caçula' do Troféu Mirante vibra com premiação

Larisse vence pela 3ª vez consecutiva: "não imaginava"

Antes da homenagem a Fontenele, a plateia conferiu uma matéria sobre a vida do comentarista. Entre os depoimentos, narradores como Laércio Costa e Gilson Rodrigues, o jornalista Talvane Lukatto, os apresentadores Soares Júnior e Janaína Bordalo e o ex-goleiro Juca Baleia registraram a importância do jornalista para a comunicação e o esporte local. A família do comentarista também deixou a sua mensagem de apoio.

Emocionado com a homenagem e os depoimentos, Herbert Fontenele fez questão de agradecer a todos que o ajudaram na carreira e serviram de inspiração. Entre os citados, estão Pedro Ribeiro, Carlos Said, Barbosa Filho, José Santana, Dejard Martins, Canarinho e até narradores e comentaristas nacionais, como Edson Leite e João Saldanha. Fontenele fez um agradecimento especial a Fernando Sarney, presidente do Conselho Deliberativo do Sistema Mirante, responsável pela sua contratação, em 1988.

Mesmo confessando que não está acostumado a falar para uma plateia e preferir câmeras ou estúdios de rádio, o comentarista agradeceu à homenagem. “Isso é uma bênção, receber uma homenagem desse tipo. Faço o que gosto, o que sei fazer, não me imagino fazendo outra coisa. Fico muito grato, eu não mereço tanto, gostaria de ter feito muito mais, mas esse Troféu é a cereja no bolo, veio para coroar”, disse Fontenele, que não esqueceu de agradecer aos seus familiares pelo incentivo. “Para fazer tudo isso, sempre tive o apoio da minha família. Minha esposa, que tem problemas de locomoção, está em casa, mas está me acompanhando. É ela quem me julga, me impulsiona e dá coragem”, elogiou o comentarista, que foi aplaudido por toda a plateia.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.