Pediu boné

Após partida, Carlos Ferro pede demissão no Moto Club

Profissional disse que questões pessoas influenciaram na decisão.

Thiago Bastos / Imirante Esporte

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h02
Profissional disse que questões pessoas influenciaram na decisão.
Profissional disse que questões pessoas influenciaram na decisão. (Hiago Ferreira / Moto Club de São Luís)

PINHEIRO – Após o empate por um a um entre Pinheiro e Moto Club pelo segundo turno do Maranhense, o então técnico rubro-negro Carlos Ferro pediu demissão do cargo. Segundo o profissional, questões pessoais influenciaram na decisão.

Entrevistado pela Mirante AM, Ferro disse que a decisão foi dele e que a diretoria não teve interferência. “Saio de cabeça erguida, ciente de que fiz o meu melhor, independentemente das dificuldades”, afirmou.

Ferro chegou ao Moto Club para esta temporada sob desconfiança da torcida e interna. Mesmo assim, ele chegou à final do primeiro turno do Maranhense, sendo derrotado no fim da partida pelo Sampaio Corrêa.

Na Copa do Brasil, o time passou da primeira fase e, na segunda fase, foi derrotado nos pênaltis pelo Tombense (MG).

A diretoria deve anunciar o nome do novo comandante para o restante da temporada nas próximas horas. Por enquanto, nenhum nome é especulado, mas a princípio o nome do profissional será de fora do Estado.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.