Copa do Mundo

Manhã morna, tarde quente: saiba como foi o 13º dia da Copa

Disputa por vaga no Grupo D garantiu emoção até apito final dos jogos.
Imirante Esporte, com informações da Agência Brasil26/06/2018 às 23h00
Manhã morna, tarde quente: saiba como foi o 13º dia da CopaDivulgação / Fifa

MOSCOU (RÚSSIA) - A terça-feira de Copa do Mundo foi de uma manhã morna e tarde quente. As partidas do grupo C, entre França e Dinamarca, e Austrália e Peru, foram de pouca emoção. Em compensação, os jogos que definiram o os classificados do grupo D foram emocionantes.

Leia também:

Em jogo sofrido, Messi marca e ressuscita a Argentina na Copa

Islândia perde para a Croácia e está fora de sua 1ª Copa do Mundo

Com futebol morno, França e Dinamarca empatam em Moscou

Peru se despede da Copa com vitória sobre a Austrália

Grupo C

França 0 x 0 Dinamarca

Em um verdadeiro jogo de compadres, França e Dinamarca jogaram com o freio de mão puxado e protagonizaram a primeira partida sem gols desta Copa do Mundo. Foram poucos momentos de emoção. A Dinamarca, que avançava às oitavas com o empate, estava mais preocupada em se defender do que atacar. Mas a França, escalada com vários reservas, também não fazia muita força para vencer o jogo.

O segundo tempo foi de vaias, sobretudo daqueles que não torciam para nenhuma das duas seleções, e que tinham comprado ingresso esperando ver uma boa partida de copa do mundo. Não viram.

Austrália 0 x 2 Peru

No outro jogo, só a vitória interessava para a Austrália. Ela foi a campo contra o Peru, já eliminado, e perdeu. Carrillo, com um golaço, e Guerrero marcaram os dois únicos gols do país no mundial.

O Peru volta para casa com um gosto amargo. Depois da partida, Cueva mostrou não ter se recuperado do pênalti perdido ainda no primeiro jogo, contra a Dinamarca. Ele chorava nos ombros de Guerrero. De fato, se tivesse feito aquele gol, quando o jogo ainda estava 0 x 0, tudo poderia ter sido diferente. Mas as hipóteses e o futebol não andam de mãos dadas e o Peru verá o restante da copa pela televisão.

Grupo D

Argentina 2 x 1 Nigéria

Mais um jogo para os argentinos arrancarem os cabelos. Contra a Nigéria, começaram bem e fizeram o gol, com Messi. É o primeiro do camisa 10 no mundial. Depois do gol, o time portenho desistiu de atacar e ficou cozinhando a partida. Sofreu um empate quase acidental, quando a Nigéria, que atacava sem nenhum perigo, ganhou um pênalti. Presente do volante Mascherano, que agarrou Balogun infantilmente dentro da área.

Após o empate nigeriano, o jogo, que parecia controlado, virou novamente um deus-nos-acuda versão tango. O time argentino pressionava, mas não levava muito perigo. Errava passes, domínios de bola, chutes. Messi, que desaparecera depois do seu gol, não conseguia mais ser decisivo. Quem conseguiu esse papel foi Rojo. Ele saiu da defesa para receber um cruzamento na área, como um legítimo centroavante. De primeira, fez o gol argentino aos 41 minutos do segundo tempo. Depois de perder por 3 x 0 dos croatas na rodada anterior, a Argentina ganha mais uma vida para gastar na copa e agora enfrenta a França.

Croácia 2 x 1 Islândia

No outro jogo, a Islândia enfrentou a Croácia. Do lado viking, só a vitória interessava, enquanto a Croácia – assim como a França – poupou vários titulares. Ainda assim, a Croácia venceu. A Islândia termina a primeira copa do mundo de sua história na última colocação do grupo. De positivo, fica o grande de jogo de estreia, contra a Argentina. Um empate de 1 x 1 que mostrou que os islandeses têm tudo para voltar a disputar o mundial em breve.

Com os resultados de hoje, mais dois confrontos das oitavas-de-final foram definidos. A França enfrenta a Argentina em Kazan, no sábado (29). Já a Croácia e a Dinamarca jogam no domingo (1º), em Nizhny Novgorod, por uma vaga na fase seguinte.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.