Liga dos Campões

Com um a mais, Bayern domina e goleia o Shakhtar "brasileiro" por 7 a 0

Com o triunfo, os Bávaros passaram para as quartas de final com sobra.
Gazeta Esportiva11/03/2015 às 18h44

MUNIQUE - O Bayern de Munique recebeu o Shakhtar Donetsk na Allianz Arena e não teve dificuldades nenhuma para golear o adversário por 6 a 0. O time ucraniano teve o zagueiro Kucher expulso logo aos dois minutos de partida após cometer pênalti em Gotze, o que facilitou a vida da equipe alemã. Assim, Muller, duas vezes, Lewandowski, Ribéry, Gotze e Boateng marcaram os gols da partida.

Com o triunfo, os Bávaros passaram para as quartas de final com sobra, já que conseguiram um empate sem gols na partida de ida e somaram um placar de 7 a 0 no resultado agregado do confronto.

No próximo sábado, às 11h30 (de Brasília), o Bayern de Munique volta a campo, fora de casa, contra o Werder Bremen pela 25ª rodada do Campeonato Alemão. No dia seguinte, às 12 horas (de Brasília), o Shakhtar Donetsk recebe o Olimpik Donetsk pela 17ª rodada do Campeonato Ucraniano.

Os anfitriões atuaram com Neuer; Rafinha, Boateng, Badstuber e Alaba; Schweinsteiger, Gotze, Robben (Rode) e Ribéry; Muller e Lewandowski. Já os visitantes foram representados por Pyatov; Srna, Kucher, Rakitskiy e Shevchuk; Stepanenko, Fred, Douglas Costa, Alex Teixeira e Taison (Kryvtsov); Luiz Adriano.

O jogo

O Shakhtar entrou em capo com uma proposta mais defensiva, de apostar na velocidade de seus atacantes nos contra-ataques. Contudo, esta tática foi abandonada logo no segundo minuto de jogo. Gotze invadiu a área e Kucher o derrubou com um carrinho. O árbitro marcou a penalidade máxima e ainda expulsou o zagueiro dos visitantes. Na cobrança, Muller não deu chances ao goleiro e inaugurou o placar do duelo, 1 a 0 Bayern.

Com um a mais, a equipe alemã passou a valorizar ainda mais a posse de bola e não teve dificuldades para pressionar o adversário. Aos sete minutos, Lewandowski recebeu belo lançamento de Ribéry e, cara a cara com o goleiro, deu um chute de cobertura, que passou rente a trave de Pyatov. Em seguida, após jogada ensaiada de escanteio, Robben ficou de frente para o gol, mas acabou chutando muito forte e a bola passou por cima do gol.

Contudo, o holandês camisa 10 do Bayern sentiu dores na coxa e teve que ser substituído ainda aos 19 minutos da primeira etapa. Mesmo assim, a equipe de Munique continuou pressionando e criando boas chances. Aos 23, Rafinha fez bom cruzamento para Lewandowski, que, sozinho, cabeceou na trave. Quatro minutos mais tarde, Ribéry fez boa jogada pela esquerda, driblou o zagueiro e finalizou rasteiro, mas, no reflexo, Pyatov fez bela defesa.

Depois de tanto pressionar, o segundo gol do Bayern saiu aos 33 minutos. O time armou boa trama dentro da área e a bola sobrou para Lewandowski, na pequena área, chutar para a defesa de Pyatov, mas, no rebote, Boateng, sozinho, tocou para o fundo das redes. Logo em seguida, Muller recebeu bom passa de Alaba, girou e bateu colocado. A bola passou rente a trave adversária. O Bayern ainda continuou comandando as ações da partida, mas não conseguiu criar mais grandes chances até o final do primeiro tempo.

Após o intervalo, os Bávaros continuaram no mesmo ritmo da primeira etapa e ampliaram o placar logo aos três minutos. Ribéry tabelou com Alaba, invadiu a área e chutou cruzado, sem chances para Pyatov. Não deu tempo nem de comemorar, pois aos seis minutos, Ribéry fez mais uma boa jogada pela esquerda, cruzou e a bola sobrou para Muller tocar para o fundo das redes e transformar a vitória em goleada. Contudo, assim como Robben, Ribéry sentiu uma contusão e teve que ser substituído aos 13 minutos da segunda etapa.

Mesmo com outra alteração por contusão, o Bayern continuou melhor na partida. Aos 18 minutos, Badstuber recebeu cruzamento na área e cabeceou com força para marcar o quinto gol do jogo. 10 minutos mais tarde, quando os times já estavam acomodados, Schweinsteiger fez belo lançamento para Lewandowski sair na cara do gol e marcar o sexto tento dos donos da casa.

Já na fase final da partida, Gotze puxou contra-ataque, driblou o zagueiro e bateu no canto para marcar o sétimo gol de sua equipe. Lewandowski, já nos acréscimos, quase marcou mais um para o Bayern de cabeça. Assim, com soberania na partida, o time da Alemanha goleou o da Ucrânia por 7 a 0.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.