Copa do Mundo 2022

Marrocos e Espanha se enfrentam por uma vaga nas quartas

O duelo, válido pelas oitavas, está marcado para o meio-dia (de Brasília) desta terça-feira (6).

Gazeta Press

- Atualizada em 06/12/2022 às 09h47
O vencedor deste confronto enfrentará na fase seguinte quem passar entre Portugal e Suíça.
O vencedor deste confronto enfrentará na fase seguinte quem passar entre Portugal e Suíça. (Divulgação / AFP)

Al-Rayyan (Catar) - Marrocos e Espanha se confrontam nesta terça-feira (6) por uma vaga nas quartas de final da Copa do Mundo de 2022. O duelo, válido pelas oitavas, está marcado para o meio-dia (de Brasília), no estádio Cidade da Educação, em Al-Rayyan.

Os espanhóis iniciaram sua trajetória no grupo E Mundial com uma sonora goleada sobre a Costa Rica, por 7 a 0. No entanto, após a empolgação pela vitória na estreia, o time ficou no empate com a Alemanha e foi derrotado pelo Japão, o que quase colocou em xeque sua classificação à fase de mata-mata da competição.

A Fúria, composta por jovens promissores como Pedri, Gavi e Ansu Fati, ganhou destaque no Catar pelo sistema de jogo com longas posses de bola e paciência na troca de passes. O estilo somado à reformulação da equipe faz parte do trabalho do técnico Luis Enrique à frente da seleção.

A princípio, o time não possui nenhum desfalque. A única preocupação é o volante Sergio Busquets, um dos líderes do elenco, que está pendurado e pode vir a ser baixa para as quartas de final caso receba um cartão amarelo nesta terça.

Em entrevista coletiva, Pedri exaltou a mentalidade do grupo e afirmou que acredita na possibilidade de vencer o torneio. Ele ainda projetou o confronto diante de Marrocos e destacou a capacidade física dos adversários.

“Marrocos é um time muito físico. Eles poderiam disputar três jogos seguidos. A seleção passou em primeiro lugar no grupo (F) e temos que respeitá-los muito. Sabemos que ele tem muita qualidade, com jogadores de elite. Conhecemos muito bem o Achraf, do PSG. Eles vão nos perseguir um a um e tentar roubar a bola. Teremos que impor o ritmo”, disse o meia nesta segunda-feira.

A seleção marroquina, por sua vez, pretende fazer história no Catar. Uma das sensações da competição até o momento, a equipe já igualou sua melhor campanha em Copas do Mundo e busca colocar o país nas quartas de final pela primeira vez na história.

Comandados por Hakimi e Ziyech, o time empatou com a Croácia no primeiro jogo do grupo F, mas bateu Bélgica e Canadá nas partidas restantes, assumiu a liderança e voltou à fase de mata-mata do Mundial após 32 anos - a última vez havia sido em 1986. A equipe também não possui desfalques por lesão ou suspensão e deve ter força máxima em campo contra a Espanha.

“Sabíamos desde o início que não seria fácil. Jogamos o nosso jogo, com determinação, e confiamos em um plano. Fizemos história hoje. É sempre um sonho marcar numa Copa do Mundo”, declarou Ziyech após a heroica classificação.

O vencedor deste confronto enfrentará na fase seguinte quem passar entre Portugal e Suíça. Vale destacar que o duelo será definido em jogo único. Em caso de empate no tempo regulamentar, irá para a prorrogação e, se necessário, a decisão acontecerá na disputa de pênaltis.
 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.