Copa do Brasil

Sampaio Corrêa é derrotado pelo Águia Negra e está fora da Copa do Brasil

Após sete anos, Tricolor se despede na primeira fase da competição nacional.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte12/02/2020 às 23h48
Sampaio Corrêa é derrotado pelo Águia Negra e está fora da Copa do BrasilÁguia Negra e Sampaio Corrêa se enfrentaram no Estádio Ninho da Águia. (Divulgação / Sampaio Corrêa FC)

RIO BRILHANTE - Pela primeira vez em sete anos, o Sampaio Corrêa se despediu precocemente da Copa do Brasil. Em partida válida pela primeira fase da competição nacional e disputada na noite desta quarta-feira (12), no Estádio Ninho da Águia, em Rio Brilhante, a Bolívia Querida poderia se classificar até com um empate diante do Águia Negra, por ter melhor posição no ranking da CBF, mas não conseguiu o resultado que precisava: com uma atuação abaixo das expectativas, o Sampaio foi derrotado por 2 a 1 pelo representante sul-mato-grossense e amargou a primeira eliminação na temporada.

Leia também: Sampaio Corrêa deixa de ganhar "bolada" com queda na Copa do Brasil

Mesmo atuando como visitante, o Sampaio Corrêa tentou impor seu ritmo de jogo no primeiro tempo e criou algumas oportunidades de gol, que não foram aproveitadas. Empurrado pela torcida, o Águia Negra suportou a pressão inicial do Tricolor e abriu o placar aos 17 minutos do primeiro tempo, com o atacante Erick Bahia. Na etapa final, o Sampaio intensificou a pressão, teve algumas chances para empatar, mas o Águia Negra se fechou bem e ampliou a vantagem aos 38 minutos, com um gol contra de Paulo Sérgio. O Tricolor descontou com Gustavo Ramos, aos 50, só que já era tarde demais para impedir a festa da equipe de Rio Brilhante.

Equipe maranhense que mais disputou a Copa do Brasil, com 25 participações, o Sampaio Corrêa não era eliminado na primeira fase da competição desde 2013, quando caiu diante do Campinense. Agora, o Tricolor volta as suas atenções para o Campeonato Maranhense, torneio onde ocupa a liderança, e o Campeonato Brasileiro Série B. Já o Águia Negra, classificado pela primeira vez para a segunda fase da Copa do Brasil, enfrentará o vencedor do confronto entre Ferroviária e Avaí, que será realizado nesta quinta-feira (13).

Com a queda precoce na Copa do Brasil, o Sampaio Corrêa terá algumas semanas sem partidas oficiais e só volta a jogar no dia 8 de março, às 16h30, diante do rival Moto Club, em duelo antecipado da quinta rodada do Campeonato Maranhense. O Águia Negra, por sua vez, volta a campo pelo Estadual neste domingo (16), às 16h, contra o Costa Rica, no Estádio Laertão.

O jogo

A partida em Rio Brilhante começou truncada, com Águia Negra e Sampaio Corrêa encontrando dificuldades para trocar passes. Inicialmente, as duas equipes apostaram na bola parada para tentar surpreender: Salomão, aos dois minutos, arriscou a finalização pelos donos da casa e parou em defesa de Andrey, e Eloir, aos oito, respondeu pelo Sampaio, em cobrança de falta que passou pela grande área sem conclusão do ataque tricolor.

Insistindo nos cruzamentos, o Águia Negra teve seu esforço premiado aos 17 minutos. Após cobrança de escanteio, Virgulino cabeceou firme, Andrey deu rebote, e Erick Bahia abriu o placar para os donos da casa. Em situação desconfortável na partida, o Sampaio Corrêa teve a grande chance do empate aos 32 minutos: após finalização de Eloir e defesa de Filipe, a bola sobrou para Ricardo Capanema, que chutou para fora.

O lance animou o Sampaio Corrêa, que pressionou o Águia Negra na reta final do primeiro tempo. Paulo Sérgio, aos 36 minutos, apareceu como elemento surpresa no campo de ataque e cabeceou para fora, levando perigo ao gol da equipe sul-mato-grossense. Já aos 43, Eloir arriscou o chute, que foi defendido por Filipe.

Águia Negra volta a marcar, e Sampaio tem reação tardia

Precisando do empate, o Sampaio Corrêa adiantou suas linhas e manteve a intensidade no ataque, mas o Águia Negra se defendeu bem, afastando boa parte das tentativas tricolores. Luan, aos 17, teve uma grande oportunidade pelo Sampaio, após passar pela marcação e arriscar o chute, que foi defendido por Filipe sem maiores dificuldades.

Sentindo que o momento do Sampaio Corrêa era melhor na partida, o Águia Negra também foi ao ataque, tentando o gol para definir a classificação. Aos 22 minutos, Erick Bahia recebeu cruzamento de Adriano e cabeceou pela linha de fundo. Pouco depois, aos 24, Marcelinho arriscou o chute em uma sobra de cobrança de escanteio e também desperdiçou a chance.

Apostando suas fichas no contra-ataque, o Águia Negra voltou a balançar as redes aos 38 minutos. Erick Bahia avançou, tentou o passe para Cy, e Paulo Sérgio, na tentativa de fazer o corte, fez gol contra. Satisfeito com o placar, a equipe sul-mato-grossense recuou, e o Sampaio Corrêa foi todo ao campo de ataque: o goleiro Andrey, aos 46, cobrou falta com força, e a bola foi para fora. O Tricolor ainda conseguiu marcar aos 49, com Gustavo Ramos, mas não foi o suficiente para impedir a classificação dos donos da casa.

FICHA TÉCNICA

ÁGUIA NEGRA: Filipe; Marcelinho, Virgulino, Jonatan e Teteu; Mutuca, Adriano (Preto), Jorginho e Salomão (Cy); Kareca (Cleitinho) e Erick Bahia. Treinador: Rodrigo Cascca

SAMPAIO CORRÊA: Andrey; Kellyton, Lucão, Paulo Sérgio e João Victor; Ricardo Capanema (Gustavo Ramos), Everton Dias e Eloir; Roney (Neto), Luan e Joãozinho (Marcão). Treinador: João Brigatti

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.