Série C

Sampaio Corrêa bate o Santa Cruz no Castelão e assume liderança do Grupo 1 da Série C

Tricolor conquistou a terceira vitória consecutiva e se consolidou na briga por vaga nas quartas de final.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte18/07/2019 às 22h56
Sampaio Corrêa bate o Santa Cruz no Castelão e assume liderança do Grupo 1 da Série CO Sampaio Corrêa derrotou o Santa Cruz em duelo no Castelão. (De Jesus / O ESTADO)

SÃO LUÍS – Desde que assumiu o comando do Sampaio Corrêa, no início do segundo turno do Campeonato Brasileiro Série C, o técnico João Brigatti foi enfático na necessidade que o Tricolor tinha de adquirir o “espírito de Série C” e voltar a ser temido no Estádio Castelão. Depois de duas vitórias e um empate em três partidas, a equipe maranhense teve o seu teste de fogo na noite desta quinta-feira (18) e mostrou que está seguindo a cartilha do treinador em busca do acesso: contando com o apoio da torcida no Estádio Castelão, o Sampaio bateu o Santa Cruz por 1 a 0, em duelo pela 13ª rodada da Terceirona, conquistou a terceira vitória consecutiva na competição nacional e assumiu a liderança provisória do Grupo 1.

Leia também: Eufórico, João Brigatti elogia elenco do Sampaio Corrêa: "São guerreiros"

Depois de um susto aos seis minutos de jogo, quando Kadu acertou o travessão e quase abriu o placar para o Santa Cruz, o Sampaio Corrêa foi ao ataque e teve seu esforço recompensado aos 23: após grande jogada individual, Roney acertou um chute cruzado, sem chances para Anderson, marcando um belo gol no Castelão. Mesmo com Salatiel Júnior perdendo um pênalti ainda na etapa inicial de jogo e Anderson fazendo belas defesas no segundo tempo, o Tubarão confirmou a vitória em casa e fez a festa da torcida tricolor.

Com a vitória sobre o Santa Cruz, o Sampaio Corrêa pulou para a primeira colocação do Grupo 1 da Série C: a Bolívia Querida tem 24 pontos, um a mais que o vice-líder Ferroviário e três a mais que o terceiro colocado Confiança, mas os dois rivais ainda jogam nesta rodada e podem recuperar as posições perdidas. Já o Santa Cruz estacionou na sétima posição da chave, com 17 pontos, um a menos que o Imperatriz, dono do quarto lugar.

Após duas partidas consecutivas em casa, o Sampaio Corrêa volta a jogar como visitante na Série C na próxima quinta-feira (25), às 20h, contra o Ferroviário, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. O duelo terá transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte. O Santa Cruz, por sua vez, encara o ABC no próximo sábado (27), às 17h, no Estádio Frasqueirão, em Natal.

O jogo

Antes que o cenário da partida se desenhasse no Estádio Castelão, o Santa Cruz deu um sinal ao Sampaio Corrêa de que o jogo não seria fácil. Logo aos quatro minutos, Kadu recebeu passe no meio-campo, avançou, arriscou o chute de longa distância e acertou o travessão de Andrey. Pouco depois, aos 13, Kadu fez jogada individual e levantou a bola na área, para defesa de Andrey em dois tempos.

Com a moral elevada pelos primeiros avanços, o Santa Cruz tentou manter o ritmo diante de um paciente Sampaio Corrêa, que tentava fechar os espaços e encaixar uma jogada rápida. Aos 19 minutos, Cesinha fez um cruzamento na medida para Pipico, que cabeceou para fora. A resposta do Sampaio foi rápida e precisa: aos 23, Roney recebeu passe na ponta esquerda, passou pela marcação da equipe pernambucana e acertou um belo chute cruzado, sem chances para Anderson.

Em vantagem no placar, o Sampaio Corrêa teve uma grande oportunidade de ampliar o placar aos 36 minutos, após Salatiel Junior ser derrubado por Kadu na grande área e a arbitragem marcar pênalti. Na cobrança da penalidade, entretanto, Salatiel Junior foi parado por Anderson, que pulou no canto direito, fez grande defesa e evitou o segundo gol do Tubarão. O Santa Cruz ainda teve a chance do empate com Pipico, aos 42, em finalização que foi travada por Paulo Sérgio.

Sampaio desperdiça chances de ampliar, mas conquista a vitória

Depois de um primeiro tempo movimentado, a etapa final de partida no Castelão foi marcada pela forte marcação, erros de passe e poucas chances criadas no campo de ataque. Disposto a arrancar o empate, o Santa Cruz teve uma grande oportunidade aos 22: após passe de Pipico, Misael finalizou bem, mas Andrey salvou o Sampaio Corrêa com uma defesa difícil.

A finalização do Santa Cruz acordou o Sampaio Corrêa, que teve uma boa chance aos 23, com Roney, que recebeu passe após tabela entre Everton e João Paulo, arriscou o chute, e a bola saiu pela linha de fundo. Já aos 36, a equipe pernambucana assustou novamente o Sampaio: lançado no campo de ataque, Warley chutou bem, e Andrey evitou o gol de empate dos visitantes.

Os avanços desesperados do Santa Cruz renderam espaços ao Sampaio Corrêa no campo de ataque. Aos 37, Roney deu um passe na medida para João Paulo, que driblou Anderson, bateu para o gol, mas Lucas Gonçalves tirou a bola em cima da linha. João Paulo, aos 42, e Kauê, aos 48, pararam em grandes defesas de Anderson, mas as chances perdidas não fizeram falta, e o Sampaio festejou o triunfo no Castelão.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA: Andrey; Everton, Odair, Paulo Sérgio (Vitor Salvador) e Romano; Ferreira, Lucas Hulk (Ricardo Capanema) e Rodrigo Andrade; Roney, João Paulo e Salatiel Junior (Kauê). Treinador: João Brigatti

SANTA CRUZ: Anderson; Cesinha, João Victor, Vitão e Victor; Lucas Gonçalves, Kadu e Allan Dias (Everton); Misael (Warley), Dudu (Guilherme Queiroz) e Pipico. Treinador: Milton Mendes

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.