Talento maranhense

Fadinha do Skate sobe ao pódio em etapa da Liga Mundial em Londres

Rayssa Leal está na briga por uma vaga nos Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte27/05/2019 às 21h10
Fadinha do Skate sobe ao pódio em etapa da Liga Mundial em LondresRayssa Leal, a Fadinha do Skate, comemora terceiro lugar em etapa da SLS ao lado de Pâmela Rosa. (Reprodução / Instagram)

LONDRES (INGLATERRA) – Com apenas 11 anos, a skatista maranhense Rayssa Leal conquistou um resultado histórico na tarde de domingo (26), em etapa da Liga Mundial de Street, conhecida como Street League Skateboarding (SLS). Nascida em Imperatriz e conhecida como “Fadinha do Skate”, Rayssa não se intimidou com adversárias mais experientes e conquistou a terceira colocação na disputa do torneio em Londres, na Inglaterra, com 26 pontos. A vencedora da etapa foi a também brasileira Pâmela Rosa, enquanto a australiana Hayley Williams ficou em segundo lugar.

“Sem palavras para descrever tudo que vivi hoje, um misto de emoções, realizei mais um sonho, que era subir em um pódio na SLS. Estou muito feliz, agradeço a todos pela energia, torcida e apoio. Quero também parabenizar todas as meninas que mostraram um nível altíssimo de skate”, afirmou Rayssa Leal, em post no Instagram.

O terceiro lugar na etapa da SLS em Londres foi muito importante na luta de Rayssa Leal por uma vaga na delegação brasileira que disputará os Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio, no Japão. O Brasil terá três atletas na modalidade Street Feminino, e a maranhense precisa de bons resultados para ficar com uma dessas vagas, que serão definidas em maio de 2020.

Fadinha do Skate

Rayssa Leal ficou conhecida como “Fadinha do Skate” após aparecer em um vídeo, vestida de fada, executando um heelflip (giro de calcanhar). A gravação viralizou nas redes sociais e foi compartilhada por Tony Hawk, um dos maiores skatistas de todos os tempos.

Depois do vídeo, Rayssa Leal participou de várias competições e garantiu vaga na Seleção Brasileira de Skate em novembro de 2018, após ficar em terceiro lugar no STU Open, maior campeonato da modalidade na América Latina.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.