Copa do Brasil

Andrey lamenta "erro técnico" em falta, mas confia em reação do Sampaio Corrêa

Com falha do camisa 42, o Tricolor foi derrotado pelo Palmeiras no Castelão.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte23/05/2019 às 01h25
Andrey lamenta "erro técnico" em falta, mas confia em reação do Sampaio CorrêaAndrey, goleiro do Sampaio Corrêa, em lance na partida contra o Palmeiras. (Cesar Greco / Agência Palmeiras / Divulgação)

SÃO LUÍS – Principal jogador do setor defensivo do Sampaio Corrêa e ídolo da torcida tricolor desde a conquista da Copa do Nordeste em 2018, o goleiro Andrey foi do céu ao inferno na estreia da equipe maranhense na Copa do Brasil, diante do Palmeiras. Depois de fazer uma grande defesa em cobrança de falta de Hyoran no primeiro tempo, o camisa 42 não teve a mesma sorte em finalização de longa distância de Moisés nos acréscimos da etapa final e falhou no gol da vitória alviverde por 1 a 0, em partida válida pelas oitavas de final da competição nacional e disputada na noite desta quarta-feira (22), no Estádio Castelão.

Mesmo chateado com a falha crucial na derrota do Sampaio Corrêa, Andrey concedeu entrevista coletiva após a partida no Castelão. O goleiro da Bolívia Querida lamentou o erro na cobrança de falta de Moisés, mas destacou o empenho dos atletas tricolores diante do Palmeiras e disse que a equipe maranhense pode conquistar um resultado histórico no segundo duelo das oitavas de final.

“Lutamos, fizemos uma excelente partida, está todo mundo de parabéns. Infelizmente, aconteceu uma fatalidade comigo. Agora é continuar com o trabalho, ter cabeça boa e firme, temos totais condições de buscar a classificação em São Paulo. Temos jogo importante no domingo pelo Brasileiro (contra o Ferroviário), agora é dar sequência”, afirmou Andrey.

Andrey também negou que a falha no gol do Palmeiras tenha sido causada por algum incômodo pela lesão sofrida no segundo tempo, quando bateu a cabeça em dividida com Carlos Eduardo, precisou de atendimento médico e teve de colocar uma touca de natação na área machucada.

“Não foi isso, foi um erro técnico. Todo mundo sabe que eu tenho o hábito de soltar muito pouco a bola. Poderia ter jogado para escanteio, foi uma bola forte, mas tentei ficar com ela, acabei soltando, subiu e foi para o gol. Agora é ter paciência e continuar trabalhando”, explicou o camisa 42.

A segunda partida entre Palmeiras e Sampaio Corrêa será disputada na próxima quinta-feira (30), às 20h, no Allianz Parque, em São Paulo. Antes disso, neste domingo (26), o Tricolor recebe o Ferroviário no Estádio Castelão, a partir das 17h, pela quinta rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro Série C. Os dois compromissos do Sampaio terão transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.