Supercopa Maranhão

Pouco tempo de treino pesou no clássico, diz Gabriel

Apesar da derrota, o atacante acredita em um 2015 positivo para o Moto.
Gustavo Arruda / Imirante.com23/01/2015 às 00h07

SÃO LUÍS – Logo em seu primeiro compromisso no ano, na noite desta quinta-feira (22), o Moto Club teve uma verdadeira pedreira: encarar o rival Sampaio Corrêa, pelas semifinais da Supercopa Maranhão, no Estádio Castelão. Com menos tempo de preparação, o Papão começou bem o clássico e abriu o placar, mas não segurou a pressão do Tubarão, sofreu a virada ainda no primeiro tempo e foi derrotado por 2 a 1, resultado que acabou com as chances do Rubro-Negro na competição de estreia da temporada.

Um dos remanescentes de 2014 e referência no elenco motense, o atacante Gabriel lamentou o tropeço no clássico, mas ressaltou que as chances do Papão seriam maiores se o time tivesse mais tempo para treinar. “A atuação foi até boa, pelo tempo de treino que a gente teve, o Sampaio está treinando há mais tempo. Mesmo assim, isso não é desculpa, acho que faltou a gente colocar mais em prática o que o professor botou no treinamento, nessa formação que ele quer que a gente jogue. Temos que ter um pouco mais de trabalho. Agora, é não deixar se abater, levantar a cabeça e continuar trabalhando. A gente sabe que as competições que temos pela frente são mais importantes do que essa”, acredita.

Derrotado pelo Sampaio, o Moto Club volta a campo no domingo (25), para a disputa do terceiro lugar da Supercopa Maranhão. O adversário do Papão será o Vitória (BA), que foi derrotado pelo Náutico na partida preliminar. A partida entre rubro-negros será disputada às 16h (horário de Brasília), no Estádio Castelão. Depois disso, o Moto terá uma semana de preparação até o seu jogo de estreia no Campeonato Maranhense, que será no dia 1º de fevereiro, contra o Cordino, novamente em São Luís.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.