Estádio

Nhozinho Santos é reinaugurado com estrutura segura e moderna

A reinauguração faz parte das comemorações pelo aniversário de 408 anos de São Luís.
Imirante.com05/09/2020 às 20h58
Nhozinho Santos é reinaugurado com estrutura segura e modernaO estádio tem capacidade para receber 13 mil torcedores. (Foto: divulgação)

SÃO LUÍS - O Estádio Municipal Nhozinho Santos foi reinaugurado neste sábado (5) após ser reformado. O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior, apresentou as mudanças que deram modernização e segurança ao 'Gigante da Vila Passos'. A reinauguração faz parte das comemorações pelos 408 anos de São Luís, celebrado dia 8 de setembro.

O estádio passou pela maior reforma de sua história que contemplou desde a troca do gramado, nova iluminação, entre outros serviços que tornaram a arena esportiva mais bonita e moderna. A reforma, executada pela Prefeitura por meio do programa São Luís em Obras, acabou com todos os problemas estruturais que comprometiam a segurança do público, atletas e equipes técnicas durante as competições esportivas. Ainda marcando a entrega do estádio, na tarde de sábado, houve uma partida entre São José e Moto Club pelo Campeonato Maranhense de Futebol, que aconteceu sem público por causa da pandemia da Covid-19. O estádio tem capacidade para receber 13 mil torcedores.

Antônio Américo fez um agradecimento ao prefeito Edivaldo em nome do futebol maranhense. "Eu quero agradecer ao prefeito Edivaldo pela coragem de enfrentar este problema e reformar o Estádio Nhozinho Santos, um espaço tão tradicional para o futebol maranhense. Vimos que o prefeito não mediu esforços e quem recebe o presente é o torcedor maranhense e toda a população de São Luís", disse o presidente da FMF.

Reforma Estrutural

O Estádio Municipal Nhozinho Santos, do alto de sete décadas de história, recebeu reforma ampla, estrutural e de readequação às normas de segurança. Com a reforma, o estádio foi adaptado seguindo todas as normas técnicas e de acessibilidade, necessárias para receber jogos estaduais e nacionais. Um dos destaques da obra foi a implantação de grama sintética na área dos vestiários para que os atletas possam fazer seu aquecimento com mais tranquilidade e sem precisar ir ao campo.

O estádio recebeu um sistema de iluminação mais eficiente, além de mais econômico, todo em LED. Com isso, as partidas podem ser realizadas tanto durante o dia quanto à noite. Os banheiros e vestiários ganharam novas louças sanitárias e foram modernizados, assim como a área dos bares e lanchonete, que ficaram mais amplos e atendem às necessidades reivindicadas pelos frequentadores. A arena também conta com uma rede de combate a incêndio.

A Prefeitura realizou a substituição de todo o gramado. Anteriormente, o campo tinha sete diferentes tipos de grama, além de erva daninha. Agora, apenas um tipo de grama cobre o espaço que recebeu o mesmo gramado que o Estádio do Maracanã (RJ). Para a conservação dessa nova estrutura, um novo sistema de irrigação foi implantado. O Estádio Nhozinho Santos também recebeu nova pintura interna e externa; portas e portões também foram trocados.

Também foram corrigidas as fissuras nas estruturas de aço existentes, substituídos equipamentos que não tinham mais utilidade para manter intacta a infraestrutura e foi realizada a impermeabilização de todo o estádio, que tinha, pelo menos, 130 pontos de infiltração, o que ameaçava a estabilização do prédio e a segurança dos torcedores.

Entre as modificações acrescentadas estão a recuperação de toda a parte hidráulica e elétrica; das cabines da rádio transmissão; limpeza do poço artesiano que abastece o espaço; restauração do placar eletrônico e das torres de iluminação.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.