Copa do Brasil

Felipão valoriza vitória, mas critica atuação do Palmeiras em São Luís

Treinador palmeirense elogiou o Sampaio e disse que estratégia foi atrapalhada por atuação tricolor.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte23/05/2019 às 02h45
Felipão valoriza vitória, mas critica atuação do Palmeiras em São LuísLuiz Felipe Scolari em entrevista coletiva no Estádio Castelão. (Gustavo Arruda / Imirante Esporte)

SÃO LUÍS – Líder invicto do Campeonato Brasileiro e dono da melhor campanha na primeira fase da Copa Libertadores, o Palmeiras iniciou, na noite desta quarta-feira (22), a sua participação na Copa do Brasil. De olho no tetracampeonato da competição nacional, o Alviverde encontrou dificuldades diante do Sampaio Corrêa, mas arrancou a vitória por 1 a 0 no Estádio Castelão, com um gol de falta de Moisés nos acréscimos, e abriu vantagem na briga por uma vaga nas quartas de final do torneio.

Em entrevista coletiva, o técnico Luiz Felipe Scolari fez uma análise da atuação do Palmeiras diante do Sampaio Corrêa. Além de rechaçar o favoritismo do Alviverde no confronto, Felipão valorizou a atuação da equipe maranhense e comentou que já esperava uma noite difícil para a equipe palmeirense em São Luís.

“O que tem isso (favoritismo)? Tem que entrar em campo e jogar. É líder, campeão, mas tem que jogar. O outro time entrou, jogou, se defendeu, se organizou. Foi um bom jogo, um jogo difícil, como a gente sabia que seria. O Palmeiras veio aqui outro tempo e empatou. A gente sabia que seria um pouquinho diferente, o campo nos dificulta um pouco mais, e o Sampaio fez um bom jogo. Conseguimos o objetivo, mas não com a atuação que nos deixasse satisfeitos”, disse Scolari.

Além disso, Felipão comentou que a estratégia utilizada pelo Palmeiras para conquistar uma vitória mais elástica sobre o Sampaio Corrêa foi dificultada pela forte marcação do adversário. “Nós queríamos o gol que nos desse a tranquilidade para que o Sampaio modificasse o seu estilo de jogo. O Sampaio utilizou a bola parada, fez jogadas com o centroavante (Salatiel Junior) que escorou bem. Tivemos duas ou três chances, mas, como a gente não fez, não modificamos a forma de jogar do adversário. Quando isso não acontece, você vai ter algumas dificuldades”, explicou o treinador palmeirense.

Precisando de um empate para avançar às quartas de final, o Palmeiras volta a enfrentar o Sampaio Corrêa na noite da próxima quinta-feira (30), às 20h, no Allianz Parque, em São Paulo. Antes disso, entretanto, o time palmeirense encara o Botafogo neste sábado (25), em Brasília, pelo Campeonato Brasileiro.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.