Copa do Brasil

Estreia do Vasco na Copa do Brasil é suspensa por enchentes no Acre

A situação de emergência na região devido às enchentes impediu a realização da partida nesta semana.
Gazeta Esportiva02/03/2015 às 12h21

RIO BRANCO - Marcada para esta quarta-feira, a estreia do Vasco da Gama na Copa do Brasil está suspensa até segunda ordem. O Cruz-maltino visitaria o Rio Branco, mas a situação de emergência na região devido às enchentes impediu a realização da partida nesta semana. A CBF ainda não se manifestou sobre o caso, mas ainda nesta segunda, assim que notificada sobre a real situação da cidade, deve comunicar uma nova data para a realização da partida.

O rio Acre atingiu 17,79 metros em medição da manhã desta segunda-feira, sua maior marca em todos os tempos. Quando a prefeitura decretou situação de emergência, no último dia 23, o rio já estava mais de 15m acima de sua cota original. A cheia histórica já atingiu 14.316 residências, afetando diretamente cerca de 50 mil famílias em 22 bairros da capital acreana. Até o momento, cerca de cinco mil pessoas estão divididas em quatro abrigos organizados pela prefeitura.

As chuvas intermitentes e a cheia do rio não comprometeram só a estrutura, mas também o funcionamento da cidade. Segundo levantamento da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros, a ponte Juscelino Kubitschek, uma das alternativas para se chegar a Arena da Floresta – onde seria palco da partida - foi interditada devido ao aumento do nível d’água. Diversas ruas e avenidas quer margeiam o rio, e também nas cercanias do centro, ficaram intransitáveis devido ao acúmulo de água e entulho trazido pela enchente.

De acordo com outro balanço das autoridades, quatro unidades de saúde e 15 escolas do governo foram impactadas pelas chuvas. Dessa forma, a partir desta segunda, o governo do Estado decretou a suspensão do ano letivo para que os alunos desabrigados não sejam prejudicados. A previsão da Secretaria de Educação do Acre é de que aulas sejam retomadas no dia 9, mas ainda não há uma confirmação. No último domingo, a prefeitura de Rio Branco decretou estado de calamidade pública na tentativa de pedir ajuda ao Estado e à União por conta dos problemas causados.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.