Série A

Avaí derrota Atlético-MG por 1 a 0 no Brasileirão na estreia de Lisca

Leão quebra jejum de 9 jogos sem vencer e sobe para 17º na tabela.

Agência Brasil

Com os três pontos, o Avaí ultrapassou o Cuiabá e passou a ocupar a 17ª posição na tabela.
Com os três pontos, o Avaí ultrapassou o Cuiabá e passou a ocupar a 17ª posição na tabela. (Foto: Divulgação/Avaí)

BRASIL - O Avaí quebrou neste sábado (17) um jejum de oito jogos sem vitórias, ao ganhar em casa do Atlético-MG, por 1 a 0, na estreia do técnico Lisca, em duelo válido pela 27ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O atacante Bissoli garantiu o triunfo do Leão, em cobrança de pênalti, aos oito minutos da segunda etapa,  no estádio da Ressacada, em Florianópolis. Com os três pontos, o Avaí ultrapassou o Cuiabá e passou a ocupar a 17ª posição na tabela,  com 28 pontos, ainda na zona de rebaixamento (ZR). Já o Galo permanece com 40 pontos, e dorme na sétima posição. 

O equilíbrio deu o tom no primeiro tempo. Aos cinco minutos, Keno quase abriu o placar para os visitantes: ele arrancou pela esquerda, invadiu a área e desferiu um belo chute cruzado, mas o goleiro Gledson defendeu. Na sequência, quem brilhou foi o goleiro do Avaí, em ótima defesa de chute rasteiro de Rafael Vaz em cobrança de falta do Leão.  O Galo desperdiçou outras duas boas chances de balançar a rede. Aos 17 minutos, com Guga, após cruzamento dentro da área, ele pegou o rebote, mas chutou por cima do travessão. Já nos minutos finais, após escanteio, o goleiro Glédson desviou a bola com um soco, e ela sobrou para Nacho, que empurrou para o gol com a coxa, mas o zagueiro Rafael Vaz usou a cabeça para salvar o Avaí, em cima da linha. 

Na volta do intervalo, logo aos oito minutos, o árbitro marcou pênalti, com auxílio do VAR, após cobrança de falta de Jean Pyerre. A bola bateu no braço do zagueiro Nathan Silva, que estava na barreira. Bissolli cobrou a penalidade com um chute fraco, no meio do gol e Everson chegou a espalmar mas não adiantou: a bola entrou no cantinho esquerdo do gol. Motivados, os donos da casa quase ampliaram o placar logo em seguida, num contra-ataque de William Pottker que passou para Bissolli chutar de primeira. A bola bateu na zaga,  sobrou para Jean Pyerre que se livrou da marcação antes de chutar de esquerda, mas a bola passou longe do gol. O Galo até tentou buscar o empate, mas o Avaí se fechou e soube administrar  o resultado até o final.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.