Brasileirão

Baptistão faz contra, mas Santos busca empate com Athletico-PR

Com o resultado, o Peixe chegou a quatro rodadas seguidas sem vencer.

Gazetapress

Times fizeram jogo parelho na Arena da Baixada
Times fizeram jogo parelho na Arena da Baixada (Robson Mafra / AGIF)

CURITIBA - Athletico-PR e Santos fizeram um jogo movimentado na noite deste sábado, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), as equipes empataram por 2 a 2. Pablo e Léo Baptistão (contra) marcaram para os anfitriões, enquanto Marcos Leonardo fez os dois dos visitantes.

Com o resultado, o Peixe chegou a quatro rodadas seguidas sem saber o que é vencer. São dois empates e duas derrotas. O Alvinegro está em oitavo, com 12 pontos, um a menos que o Furacão, que aparece em sétimo.

O Santos volta a campo agora na próxima quarta-feira, quando recebe o Internacional, pela 10ª rodada do Brasileirão. A bola rola no gramado da Vila Belmiro a partir das 21h30 (de Brasília). No mesmo dia, mas às 19 horas, o Athletico visita o Juventude.

O jogo - Mesmo atuando fora de casa, o Peixe iniciou o primeiro tempo com tudo na Arena da Baixada. Após assustar com alguns chutes de média distância, a rede balançou aos 11 minutos. Sandry foi acionado na ponta da área e cruzou com categoria para Marcos Leonardo, que testou com muita precisão para colocar os visitantes na frente.

Após o gol, os alvinegros seguiram dominando a posse de bola, mas abaixaram o ritmo. Aos 23, Julio recebeu bom passe de Auro e bateu da meia-lua. No meio do caminho, a bola desviou na defesa e se perdeu pela linha de fundo.

A partir de então, o Furação acordou e passou a tomar conta do jogo. Aos 33, em jogada ensaiada de escanteio, Christian recebeu na direita e emendou belo chute na trave. No lance seguinte, Cuello arriscou de muito longe e quase encobriu João Paulo, que se esticou todo para evitar o golaço. Um minuto depois, o goleiro voltou a ser exigido, dessa vez em cabeçada de Pablo.

E a pressão acabou dando resultado. Com o relógio marcando 42 minutos, Terans pegou a sobra na área e cruzou rasteiro para Pablo. O atacante, então, só teve o trabalho de completar para o fundo da rede para deixar tudo igual.

Nos acréscimos, o Santos teve uma chance de ouro para voltar a ficar na frente. Sandry cobrou falta pela direita e Bauermann apareceu livre para cabecear. O zagueiro, no entanto, mandou pelo lado.

2º tempo

Na volta do intervalo, o Athletico partiu em busca da virada. Com apenas 10 minutos, Terans levantou a bola na área em cobrança de falta e viu Léo Baptistão testar contra o próprio patrimônio e vazar João Paulo.

Na sequência, quase saiu o terceiro. Em rápido contra-ataque, Cuello recebeu pela esquerda, cortou para o meia e bateu rasteiro para boa defesa do goleiro santista. No rebote, Teran bateu de carrinho, mas pelo lado.

Com o susto, o Santos reagiu e logo buscou o empate. Com 18 minutos, Maicon cruzou da direita, Julio desviou de cabeça e Marcos Leonardo tocou de primeira para estufar as redes.

Instantes depois, Ricardo Goulart teve uma grande chance de marcar mais um. Sandry lançou na área, Lucas Braga desviou e Julio ajeitou para o camisa 10. O meia soltou o pé e só não marcou porque a bola desviou na defesa no meio do caminho. Já aos 30, Bapstisão recebeu na intermediária e bateu com perigo à esquerda do gol de Bento.

Dez minutos depois, Lucas Pires cobrou escanteio pela esquerda, Eduardo Bauermann subiu mais que a defesa e testou a centímetros da trave. A resposta dos mandantes saiu no lance seguinte. Léo Cittadini recebeu ótimo cruzamento na entrada da pequena área e, mesmo livre de marcação, cabeceou para fora.

Nos minutos finais, o Santos até tentou rondar a área athleticana em busca de um tento salvador, mas não foi o suficiente para tirar o empate do placar.

FICHA TÉCNICA
ATHLETICO-PR 2 x 2 SANTOS

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 04 de junho de 2022, sábado
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC-Fifa)
Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Cartões amarelos: Nicolás Hernandez, Christian, Cuello e Hugo Moura (Athletico-PR); Auro, Marcos Leonardo e Julio (Santos)

GOLS: Pablo, aos 42 do 1ºT, Léo Baptistão, aos 1o do 2º T (contra) (Athletico-PR); Marcos Leonardo, aos 11 do 1ºT e aos 18 do 2ºT (Santos)

ATHLETICO-PR: Bento; Khellven, Nicolás Hernandez, Pedro Henrique e Abner; Hugo Moura, Christian (Léo Cittadini) e Terans (Erick); Pedro Rocha, Pablo e Cuello
Técnico: Felipão

SANTOS: João Paulo; Auro (Ricardo Goulart), Maicon (Velázquez), Bauermann e Lucas Pires; Camacho (Lucas Braga), Zanocelo e Sandry; Jojhan Julio (Felipe Jonatan), Marcos Leonardo e Léo Baptistão (Lucas Barbosa)
Técnico: Fabián Bustos

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.