Carnaval

Manu Bahtidão tem colar de diamantes roubado do pescoço durante show no Carnaval de Santa Inês e oferece recompensa

Segundo a artista, o roubo aconteceu no momento em que ela descia do trio elétrico; joia é avaliada em R$ 100 mil.

Na Mira

- Atualizada em 12/02/2024 às 09h39
Manu Bahtidão tem cordão roubado durante show em Santa Inês. (Foto: Divulgação)
Manu Bahtidão tem cordão roubado durante show em Santa Inês. (Foto: Divulgação)

SANTA INÊS - A cantora Manu Bahtidão teve o colar roubado durante show no Carnaval de Santa Inês, cidade a 251 km de São Luís, na noite desse domingo (11). Segundo relatou a própria artista, o criminoso invadiu o cordão da polícia e puxou sua joia, avaliada em quase R$ 100 mil, no momento em que ela descia do trio elétrico.

Manu Bahtidão fez um apelo ao público, oferecendo uma recompensa de R$ 10 mil para quem lhe devolver o colar. Ela expressou sua frustração com o ocorrido, afirmando que o acessório tinha um valor sentimental significativo, sendo um presente especial.

“Tô tão arrasada. Roubaram meu colar na saída do trio elétrico. Já ofereci uma recompensa para quem encontrar meu colar e queria muito, muito pedir para a galera de Santa Inês, que a galera da região, se souber quem foi que pegou meu colar, ou quem quiser entregar, procure por favor contratante da cidade ou a polícia e fala que eu dou uma recompensa de R$10 mil”, disse a artista.

Artista mostrou nas redes sociais o colar roubado na tentativa de ajudar a localizar a joia. (Foto: Reprodução / Redes Sociais)
Artista mostrou nas redes sociais o colar roubado na tentativa de ajudar a localizar a joia. (Foto: Reprodução / Redes Sociais)

No entanto, Manuh Bahtidão deixou claro que não culpava a maioria das pessoas que estavam no show pelo acontecido, mas demonstrou decepção.

"Estou muito triste, sei que a maioria não tem culpa, estou indo embora desapontada, com essa galera que fez isso comigo, invadiram o cordão da polícia e roubaram meu colar”, declarou em vídeo.

O Imirante.com procurou as polícias Civil e Militar do Maranhão para comentar o caso e aguarda respostas.
 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.