Cinema

"The boy and the heron", do Studio Ghibli, lidera bilheterias e bate recorde em fim de semana de estreia

A animação japonesa liderou as bilheterias dos Estados Unidos e Canadá, sendo o primeiro anime a conquistar este feito.

Na Mira

- Atualizada em 11/12/2023 às 10h30
"The boy and the heron" do Studio Ghibli, lidera bilheterias nos EUA e Canadá.
"The boy and the heron" do Studio Ghibli, lidera bilheterias nos EUA e Canadá. (Foto: Divulgação/Studio Ghibli)

MUNDO - "The boy and the heron" (O menino e a garça, em tradução livre), novo filme do renomado diretor japonês Hayao Miyazaki, 82, cofundador do Studio Ghibli, estreou na última sexta-feira (8) nos Estados Unidos e Canadá, e liderou as bilheterias durante o fim de semana, arrecadando US$ 12.8 milhões.

Leia também: 

Hayao Miyazaki descarta aposentadoria e planeja próxima animação, diz presidente do Studio Ghibli

É a primeira vez que uma animação japonesa original conquista este feito nos Estados Unidos. Esta também é a melhor estreia de um filme do Studio Ghibli no país. Em comparação, a bilheteria norte-americana de "A Viagem de Chihiro", longa mais conhecido de Miyazaki no Ocidente e que lhe rendeu um Oscar (o único para uma animação japonesa), é de US$ 15.2 milhões.

A trama acompanha a jornada do jovem de 11 anos Mahito que, após perder sua mãe em um incêndio, precisa deixar Tóquio e voltar para a aldeia onde cresceu. Ao lado do pai, ele vai morar em uma velha mansão situada em uma imensa propriedade, onde ele conhece  uma garça que aos poucos se torna a sua guia e o ajuda nas suas descobertas e questionamentos para compreender o mundo ao seu redor e desvendar os mistérios da vida. Veja o trailer:

"The Boy and The Heron" também marca o retorno de Miyazaki aos cinemas depois de longos dez anos. O último filme do mestre japonês foi "Vidas ao vento", lançado em 2013. Depois da produção, o diretor e animador havia anunciado a sua aposentadoria, mas retornou ao trabalho para desenvolver o longa como um presente para o seu neto, segundo o produtor Toshio Suzuki.

Ainda sem data de lançamento no Brasil, o filme já arrecadou US$ 84 milhões no exterior, sendo US$ 56 milhões apenas em seu país de origem.
 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.