Em Viana

Dois suspeitos de participação em estupro coletivo contra adolescente são presos em Viana

De acordo com a Polícia Civil, o crime foi praticado no último sábado (4).
Imirante.com, com informações da Polícia Civil09/09/2021 às 10h23
Dois suspeitos de participação em estupro coletivo contra adolescente são presos em VianaVítima estava com um amiga no momento do estupro. ( Foto: Reprodução )

VIANA – A Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) prendeu temporariamente, nessa terça-feira (7), dois homens suspeitos de envolvimento em um estupro coletivo praticado contra uma adolescente de 17 anos, em Viana, município distante 418 km de São Luís.

De acordo com o delegado João Firmo, da Delegacia Regional de Viana, a vítima, uma amiga e seus familiares fizeram a denúncia relatando que o crime teria acontecido no último sábado (4).

À polícia, a vítima informou que ela, junto com a amiga, de forma consentida, foram a um posto de combustível onde haviam várias pessoas ouvindo músicas e ingerindo bebidas alcoólicas em Viana. Ainda segundo a adolescente, ela e a amiga encontraram no local um grupo de rapazes, onde as jovens decidiram se juntar ao grupo.

Ainda em denúncia à polícia, a vítima informou que ela e a amiga foram, também de forma consentida, com os cinco homens para um sítio na região para continuar ao consumo das bebidas. Segundo a amiga da adolescente, após um ‘jogo’ cuja a finalidade era ingerir bebidas alcoólicas, a vítima apagou, ficando inconsciente.

Ainda segundo a amiga da adolescente, no caminho de volta, os cinco rapazes abusaram sexualmente da vítima com toques íntimos e sexo oral, estando inconsciente e em embriaguez completa, configurando o crime de estupro de vulnerável.

Após a denúncia, a Polícia Civil deu início as diligências, sendo também solicitado ao judiciário a expedição do mandado de prisão que foi prontamente atendido. Os dois homens foram presos e encaminhados da sede da 6ª Delegacia Regional de Viana, onde prestaram seus respectivos depoimentos, sendo posteriormente recambiados a Unidade Prisional de Viana.

Também de acordo com a polícia, as investigações passam a ser coordenadas pela Delegacia Especializada da Mulher de Viana, que, agora, busca identificar os demais participantes do crime, para que prestem depoimentos para esclarecer suas participações no fato.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.