Crime

Rinha com mais de 120 galos de briga sob maus-tratos é descoberta pela polícia em Timon

Polícia também informou que além dos animais adultos usados na brigas, existiam no local outras dezenas de galos e galinhas ainda jovens.
Imirante.comm, com informações da Polícia Civil02/10/2020 às 18h29
Animais apresentavam sinais de maus-tratos. (Foto: divulgação / Polícia Civil)

TIMON - Uma rinha de galos, com cerca de 126 animais, foi localizada pela Polícia Civil do Maranhão, na manhã desta sexta-feira (2), no bairro Planalto Formosa, em Timon.

Segundo informações da polícia, os animais apresentavam sinais de maus tratos. A polícia também informou que além dos animais adultos usados na brigas, existiam no local outras dezenas de galos e galinhas ainda jovens.

A Polícia apreendeu diversos materiais como tesouras cirúrgicas, máscaras para galos, dezenas de esporas de ferro e de plásticos, seringas e produtos veterinários que serão encaminhados ao Instituto de Criminalística (Icrim), além de almofadas para esporas utilizadas em treinos, cronômetro, e vários outros materiais usados nas rinha. Cadernos com anotações diversas relativas à atividade ilícita também foram apreendidos.

Materiais encontrados no local. (Foto: divulgação / Polícia Civil)

O proprietário da residência foi conduzido à Central de Flagrantes de Timon, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e, logo em seguida, foi liberado. A Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de Timon foi acionada e esteve no local, realizaram filmagens que constatam os maus tratos aos animais e a existência da rinha.

Devido à deficiência para transportar e guardar os animais, os galos permaneceram no local até que seja providenciada a remoção pela Prefeitura de Timon.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.