Esclarecimentos

Emissão de passaportes já está funcionando, mas ainda há atraso na entrega

Segundo a PF, o atraso ainda ocorre por razões de problemas técnicos na Casa da Moeda.
Divulgação/Polícia Federal01/07/2016 às 19h40

BRASÍLIA – Nesta sexta-feira (1º), a Polícia Federal (PF) informou que o serviço de solicitação para emissão de passaportes já está funcionando regularmente. Segundo a PF, o atraso na entrega de passaportes ainda ocorre por razões de problemas técnicos, concernentes à Casa da Moeda do Brasil (CMB).

Desde meados de abril de 2016, a CMB alega problemas na falta de insumos para a confecção das cadernetas, bem como quebra de maquinário utilizado para a confecção do documento. Tais fatos fizeram com que as entregas regulares passassem do prazo de seis dias úteis para 30 dias corridos.

Visando resguardar os direitos dos cidadãos que necessitam do documento, a PF disponibiliza a emissão do passaporte comum, em caráter de urgência, mediante o pagamento de taxa extra. Essa possibilidade está normatizada pelo Decreto nº 5978/2006 (alterado pelo Decreto nº 8374/2014), bem como pela Portaria 2368/2006-MJ (alterada pela Portaria 927/2015-MJ). A cobrança dessa taxa está regulamentada por essa legislação.

A PF esclarece ainda que, em decorrência dos problemas técnicos da Casa da Moeda, as solicitações por passaportes em caráter de urgência aumentaram em 20%, em relação a períodos de normalidade nas emissões.

Por fim, em razão das dificuldades atuais relacionadas, à confecção e à entrega de passaportes, a Polícia Federal esclarece que:

• A PF expede, para o cidadão brasileiro, dois tipos específicos de passaporte, normativamente previstos na Portaria nº 2368/2006-MJ, atualizada pela Portaria 927/2015-MJ:

Passaporte Comum, com validade 10 anos e custo atual de R$ 257,25;

Passaporte de Emergência, com validade de 1 ano, custo atual de R$ 334,42;

Observação: em situações específicas, o passaporte comum pode ser entregue em caráter de urgência, conforme Legislação específica citada anteriormente.

• Os passaportes são expedidos de acordo com critérios normativos, por meio de três prazos distintos:

Passaporte comum: prazo regular de entrega de 6 dias úteis e com o custo de R$ 257,25;

Passaporte comum entregue em caráter urgência: prazo com entrega inferior a 6 dias úteis e com custo de R$ 344,42 (R$ 257,25 + taxa extra de R$ 77,17);

Passaporte de Emergência: prazo emergencial de entrega imediata, para casos específicos, e com custo de R$ 344,42 (R$ 257,25 + taxa extra de R$ 77,17).

• A solicitação do documento é feita pelo cidadão, nos postos da PF. Os agendamentos estão disponíveis para o cidadão, e o atendimento é realizado de forma regular, mediante agendamento no sítio da PF;

• Após solicitação do passaporte, a demanda é encaminhada eletronicamente à Casa da Moeda do Brasil.

• Nessa quarta-feira (29), a Casa da Moeda do Brasil comunicou que, em razão de problemas na máquina de confecção, interrompeu a produção de passaportes, o que fez, mais uma vez, com que o problema existente fosse agravado. A produção, conforme informado pela CMB, deverá retornar na próxima semana.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.