Dia da Amizade

José Sarney recebe honraria da Presidência da Argentina

Ex-presidente do Brasil recebeu a Medalha René Favaloro, homenagem do governo argentino a personalidades dos dois país
Imirante23/11/2021 às 13h27

O ex-presidente da República, José Sarney (MDB), recebeu nesta terça-feira, 23, a medalha René Favaloro em homenagem ao Dia da Amizade Brasil-Argentina. A honraria foi dada pelo presidente da Argentina Alberto Fernandéz, que criou a medalha em homenagem ao médico René Favaloro.

Sarney recebeu a medalha, em São Luís, na sua residência. Quem entregou a homenagem foi o ministro Conselheiro Chefe da Chancelaria da Embaixada da Argentina, Pablo Antonio de Angelis.

O ex-presidente, sobre a homenagem, lembra que o Dia da Amizade do Brasil-Argentina tem um marco histórico da criação do Mercosul, que é o acordo comercial da América Latina.

“Eu estou muito feliz porque ainda hoje repercutem os atos que realizamos como presidente da República. Este, sobretudo, porque completa 50 anos que nós instituímos o Dia da Amizade entre o Brasil e a Argentina. Não era para ser exatamente o dia da amizade, mas foi o dia que começamos a fazer o Mercosul, que hoje acabou com aquela rivalidade do Brasil com a Argentina, que permanece somente no futebol. Estamos unidos e vamos crescer juntos porque os dois países representam 60% da América do Sul. A Argentina é um país muito ligado ao Brasil”, disse José Sarney.

Medalha

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, decidiu, em meio à pandemia do coronavírus, homenagear a figura do médico argentino René Favaloro, criador da técnica do bypass, 21 anos depois de sua morte.

Além de destacar que o médico “entendia a saúde como um direito de todos e trabalhou para que atingisse a todos”, mandou cunhar a Medalha René Favaloro, com a qual o governo argentino vai condecorar personalidades dos dois países.

Mais

Dia da Amizade

No dia 30 de novembro é comemorado o Dia da Amizade Brasil-Argentina, data instituída em 2018 com o objetivo de intenção de “dar forma e visibilidade à importância das relações” entre os dois países. A celebração do Dia da Amizade Argentino-Brasileira foi acordada pelos então presidentes da Argentina, Néstor Kirchner, e do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, em 15 de março de 2004 na Ata de Copacabana, que ambos assinaram no Rio de Janeiro. O ponto número 8 da Ata de Copacabana instituiu que a data será celebrada anualmente no dia 30 de novembro, em comemoração ao encontro mantido neste dia em 1985 entre os presidentes Raúl Alfonsín e José Sarney, na cidade brasileira de Foz de Iguaçu.

Galeria de fotos

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.