Petróleo

Hildo Rocha retoma discussão sobre a conclusão da refinaria de Bacabeira

Deputado maranhense afirma que a conclusão do projeto ajudaria a controlar o preço do diesel no país
21/10/2021 às 07h56
Hildo Rocha retoma discussão sobre a conclusão da refinaria de BacabeiraFlora Dolores / O Estado

SÃO LUÍS - O deputado federal Hildo Rocha utilizou a tribuna da Câmara na quarta-feira (20) para defender a retomada e conclusão das obras de construção da Refinaria Premium da Petrobras no município de Bacabeira.

Ele afirmou que a refinaria, além de criar milhares de postos de trabalho, ajudaria a controlar o preço do diesel no país.

“Quando o presidente Jair Bolsonaro trocou o presidente da Petrobras, nós tínhamos a esperança de que o novo gestor da estatal, General Luna, mudasse a política de preços da empresa, mas ele mantém, não mudou nada e os preços, nas bombas de combustíveis continuam sendo reajustados quase todos os dias”, destacou o parlamentar.

Hildo afirmou que o Maranhão havia preparado toda a infraestrutura para a construção da refinaria na ocasião do anúncio do empreendimento, mas o projeto foi abandonado pela Petrobras.

“A governadora Roseana, na época, cumpriu todas as exigências, todas as etapas imprescindíveis para a implantação do projeto. Comprou o terreno, fez a terraplenagem, implantou o linhão para o fornecimento de energia. Enfim, tudo que era preciso ser feito foi realizado. No entanto, nós continuamos comprando diesel de fora do Brasil, tendo petróleo, precisando apenas refinar esse petróleo. A cidade de Bacabeira já está esperando isso há muito tempo. A Petrobras, com o excesso de lucro que tem tido nos últimos anos, tem dinheiro suficiente para fazer a refinaria premium em Bacabeira”, acrescentou.

Não há informações até o momento, contudo, de qualquer discussão no âmbito nacional de retomada de obra da refinaria em Bacabeira.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.