Dia Mundial sem Carro

Servidores do Fórum vão ao trabalho de bicicleta, em São Luís

Inciativa teve por objetivo mostrar que é possível ir ao trabalho usando a bicicleta como meio de transporte.
Divulgação / CGJ-MA23/09/2021 às 11h31
Servidores do Fórum vão ao trabalho de bicicleta, em São LuísChegada ao Fórum foi por volta das 7h30. (Foto: Divulgação / Ascom Fórum de São Luís)

SÃO LUÍS - Mais de 15 servidores e servidoras do Fórum Des. Sarney Costa (Calhau) foram ao trabalho nessa quarta-feira (22), Dia Mundial sem Carro, pedalando, para mostrar que é possível ir ao trabalho usando a bicicleta como meio de transporte. A saída de casa rumo ao fórum, para quem mora mais distante, começou às 6h30 e ao longo do percurso os demais ciclistas foram se integrando ao grupo, chegando todos juntos ao órgão, por volta das 7h30. Alguns chegaram a percorrer de 36km a 40 km (ida e volta).

Saiba mais:

Juiz troca carro por bicicleta para ir ao trabalho, economiza gasolina e garante bem-estar

No Dia Mundial sem Carro, logo cedo o grupo realizou atividade de sensibilização, no estacionamento interno do Fórum de São Luís, com a distribuição de material educativo e dicas para o pedal seguro. Os ciclistas servidores e servidoras abordaram os colegas que chegavam ao trabalho, entre 7h30 e 8h30. A juíza Laysa de Jesus Paz Martins Mendes, que está respondendo pela diretoria do fórum, também participou da ação.

O juiz auxiliar Francisco Ferreira de Lima, que pedala desde quando era magistrado em comarca do interior do Estado e manteve essa prática ao ser promovido para a capital, costuma se deslocar ao trabalho, no Fórum do Calhau, usando a bicicleta como meio de transporte. Ele disse que gosta de andar de bike e que é uma alternativa ao trânsito caótico da cidade, além do benefício que essa atividade física traz à saúde.

A servidora Ana Maria Ferreira pedala há nove anos e, desde a retomada do trabalho presencial no Judiciário maranhense, em agosto de 2021, passou a se deslocar de casa ao trabalho pedalando. Ela percorre 2km em 20 minutos até chegar ao fórum. “Resolvi usar a bike porque traz benefícios à saúde; menos carros nas ruas e com isso menor poluição sonora e do ar; e também pela economia financeira com transporte”, contou.

Já o supervisor da Segurança Institucional do Fórum, capitão Rodrigo Serra, percorre cerca de 7km e geralmente gasta 20 minutos. Há um ano, vendeu o carro e comprou uma bicicleta para se deslocar ao serviço e usa também como meio de transporte para diversas atividades de rotina. “Você se predispõe a acordar mais cedo, faz sua atividade física logo pela manhã, chega disposto e bem humorado ao serviço, troca um veículo poluente como o carro por outro sustentável que a bicicleta, além da economia nesses tempos de alta dos preços dos combustíveis”, afirmou.

Para dar melhor estrutura aos servidores e servidoras que optam pela bicicleta para o deslocamento, a diretoria do Fórum do Calhau já instalou um bicicletário no estacionamento interno e está realizando melhorias nos vestiários. O Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), por meio do Núcleo Socioambiental, está desenvolvendo um projeto que vai criar infraestrutura para oferecer mais conforto e comodidade aos que pedalam ao trabalho no fórum, incluindo um amplo bicicletário.

As atividades desta quarta-feira (22) contou com o suporte do “Pedal das Minas”, grupo de mulheres que se apoiam para pedalar em São Luís; e do “Bikeanjo São Luís”, rede nacional de pessoas que acreditam na bicicleta como ferramenta para transformação das cidades. A articuladora local dos dois grupos, Jaana Pinheiro, explica que o Dia Mundial sem Carro tem como objetivo estimular as pessoas que utilizam o carro como meio de transporte busquem meios mais sustentáveis para se deslocar nesse dia.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.