Covid-19

Mais de mil testes contra a Covid-19 já foram realizados em barreiras sanitárias de São Luís e Imperatriz

Ação visa conter a transmissão do novo coronavírus, bem como monitorar o cenário da pandemia no Estado.
Imirante.com, com informações da SES04/06/2021 às 10h35
Mais de mil testes contra a Covid-19 já foram realizados em barreiras sanitárias de São Luís e ImperatrizMétodo utilizado na testagem é o teste de antígeno; resultado é possível em até 15 minutos. (Foto: Rogério Sousa / SES)

SÃO LUÍS - Mais de mil testes de Covid-19 foram realizados na última semana em barreiras sanitárias montadas nas principais entradas das cidades de São Luís e Imperatriz, no Maranhão. A ação visa conter a transmissão do novo coronavírus, bem como monitorar o cenário da pandemia no Estado. As barreiras foram montadas de forma estratégica no Aeroporto Internacional Marechal Cunha Machado, no Terminal da Ponta da Espera e na Rodoviária, em São Luís, e no Aeroporto de Imperatriz.

Leia também:

Instaladas barreiras sanitárias no aeroporto internacional de São Luís

Maranhão recebe mais 175,5 mil novas doses da vacina AstraZeneca​

“A testagem é, sem dúvidas, uma estratégia que tem mostrado a sua relevância diante do cenário pandêmico. Ações como essa garantem o monitoramento dos casos no Estado, identificando tanto os assintomáticos como os sintomáticos, dando respostas cada vez mais rápidas na assistência aos doentes, diminuindo a possibilidade de agravos e, consequentemente, de internações. O resultado disso é que temos salvado muitas vidas”, disse o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

O método utilizado na testagem é o teste de antígeno. O resultado é possível em até 15 minutos, o que aumenta a capacidade de resposta rápida em caso de resultado positivo para a doença. A testagem acompanha a chegada de voos e é realizada de forma voluntária. Os pacientes que testam positivo para a Covid-19, de acordo com avaliação, podem ser encaminhados para a realização do teste RT-PCR e para assistência em unidade de referência para assistência a pacientes com a doença.

O secretário adjunto de Assistência à Saúde, Carlos Vinícius Ribeiro, enfatiza que a ação faz parte das estratégias do Governo para monitorar os casos da doença no estado. “Trabalhamos com a testagem com um dos pilares de enfrentamento à pandemia no Maranhão. Desde antes do primeiro caso, temos investido em ações que ofereçam testes à população, especialmente aos que apresentam sintomas graves da Covid-19. Neste momento, as barreiras são fundamentais também para aumentar o nosso controle sobre a circulação das variantes da doença”, destacou.

Testagem

Além da testagem nestes quatro pontos temporários, a SES também disponibiliza o teste, de forma permanente, nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e no Centro de Testagem (CT) da Beira-Mar. Somente neste mês de maio, as UPAs do estado localizadas em São Luís realizaram 9.286 testes RT-PCR e 1.399 de antígeno.

Já no Centro de Testagem (CT) da Beira-Mar, de janeiro a junho, foram realizados mais de oito mil testes, entre RT-PCR, testes rápidos, sorológicos e do tipo antígeno. Também foram realizados 38.539 testes nos drive-thrus instalados pelo Governo.

Um ponto de testagem também foi instalado no Hospital Aquiles Lisboa (HAL), localizado no Bonfim, na região Itaqui-Bacanga. No período de 25 de maio a 1º de junho, foram realizados pela equipe do HAL 659 testes, dos quais 600 apresentaram resultado negativo para a Covid-19.

Coronavírus no Maranhão

De acordo com o último boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (SES), divulgado na noite dessa quinta-feira (3), o Maranhão tem 8.216 mortes e 293.518 casos confirmados da Covid-19. De acordo com a SES, foram contabilizados 26 óbitos e 904 pessoas infectadas pelo coronavírus nas últimas 24 horas no Estado, sendo 103 na Grande Ilha de São Luís, 52 em Imperatriz e 742 nos demais municípios. A taxa de letalidade da doença no Maranhão, por sua vez, está em 2,79%.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.