Inusitado

"Garçom da água no sinal": jovem arruma jeito inusitado de atrair clientes na Av. dos Africanos

Há seis meses, Raphael Gomes, de 25 anos, inovou na forma de vender água para sustentar noiva e três filhos.
Neto Cordeiro/Imirante.com02/07/2020 às 08h29
Raphael Gomes trabalha de segunda a sábado, na Av. dos Africanos. Foto: Neto Cordeiro/Imirante.com.

SÃO LUÍS – “Vou ser um garçom da água no sinal”, pensou Raphael Gomes, de 25 anos, há seis meses quando se viu desempregado e buscando um jeito inovador de garantir uma renda. Com um baldinho em mão, vestido mesmo de garçom, ele vende garrafas de água de 500ml a R$ 2, na avenida dos Africanos em São Luís.

Ele, que mora no Coroadinho com a noiva e os três filhos dela, frutos de outro relacionamento, sonha em conquistar uma casa para a família. Raphael já trabalhou como operador de telemarketing e não tem experiências como garçom ou vendedor. Segundo ele, a inspiração veio de um vendedor de São Paulo (SP), que trabalhava no sinal vestindo roupa social.

Raphael encontrou no look de garçom uma forma de atrair clientes. Foto: Neto Cordeiro/Imirante.com.

Hoje, Raphael tem planos de criar sua própria marca no ramo em que se encontra. “Ninguém consegue sobreviver com um salário básico para sustentar três filhos, uma mulher e ainda morar de aluguel. Aqui eu tiro meu rendimento mínimo de R$ 50 de lucro diariamente. Eu queria ter uma marca com pessoas vestidas dessa mesma forma no sinal”, afirma.

Assim, de segunda a sábado, o empreendedor, como ele próprio se classifica, enfrenta sol ou chuva, e só volta para casa após vender a última garrafa d'água.

Empreendedor oferece água a motoristas no sinal. Foto: Neto Cordeiro/Imirante.com.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.