Após decisão do STF

Hemomar busca novos doadores de sangue entre homens LGBT

Antes da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), só era permitida doação se homens homossexuais passassem um ano sem relações sexuais.
Imirante.com, com informações da Assessoria22/06/2020 às 16h38
Hemomar busca novos doadores de sangue entre homens LGBTHemomar busca novos doadores de sangue entre homens homossexuais. ( Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS - No último dia 8 de junho, o Superior Tribunal Federal (STF) extinguiu as restrições à doação de sangue por homossexuais. A partir da medida, o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Maranhão (Hemomar) tem buscado novos doadores regulares.

Antes, o Ministério da Saúde e Agência Nacional de Vigilância Sanitária só permitiam a doação sanguínea se homens homossexuais passassem um ano sem relações sexuais com outro homem. A decisão do STF, que teve maioria de votos, derruba a proibição e garante que homens gays, bissexuais e mulheres trans passem pela triagem clínica regular feita a todos os demais doadores voluntários.

Para a doação de sangue, os voluntários podem agendar pelo WhatsApp (99162-3334) ou se dirigir ao Hemomar ou aos Hemonúcleos no interior do estado.

Os critérios continuam os mesmos, isto é, ter idade entre 16 e 69 anos, se menor de 18 anos precisa estar acompanhado de um responsável; pesar mais de 50 kg; não ter ingerido álcool nas últimas 24 horas; estar em boas condições de saúde.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.