Em São Luís

Polícia prende integrantes de facção suspeita de lavagem de dinheiro

Foram bloqueadas contas bancárias dos envolvidos e acredita-se que o valor movimentado seja superior a R$ 1 milhão, só neste ano.
Imirante.com, com informações da Polícia Civil10/12/2019 às 18h57
Foram cumpridos mandados de prisão em desfavor de Adailton Pereira dos Santos Júnior, conhecido como “Vitinho Patrão” e da sua companheira Vanda Barbosa de Oliveira. / Foto: Divulgação

SÃO LUÍS - A Polícia Civil do Maranhão realizou, nesta terça-feira (10), a terceira fase da Operação Tiro Certo, com a finalidade de cumprir mandados de prisão preventiva e busca e apreensão em desfavor de integrantes de uma facção criminosa e de pessoas responsáveis pela movimentação financeira e patrimonial do grupo.

Foram cumpridos mandados de prisão em desfavor de Adailton Pereira dos Santos Júnior, conhecido como “Vitinho Patrão” e da sua companheira Vanda Barbosa de Oliveira. Além disso, a polícia ainda cumpriu outros nove mandados de busca e apreensão em imóveis do casal e de pessoas ligadas a eles.

Nos locais de busca foram apreendidas uma vasta documentação (escrituras públicas de imóveis, cadernos com movimentações financeiras, recibo de joias e de veículos) e o valor de R$ 2.700.

Também foram bloqueadas contas bancárias dos envolvidos e acredita-se que o valor movimentado seja superior a R$ 1 milhão, só neste ano. Durante a operação foram sequestrados um apartamento, duas casas, um veículo de luxo e uma motocicleta, patrimônio avaliado em mais de R$ 600 mil.

Após os cumprimentos dos mandados, Adailton Pereira dos Santos Júnior e Vanda Barbosa de Oliveira foram encaminhados ao sistema penitenciário de Pedrinhas, onde permanecerão a disposição da Justiça.

A operação foi realizada pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), Superintendência da Capital (SPCC), Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc) e da Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP).

Veja imagens do apartamento pertencente ao grupo criminoso.

Galeria de fotos

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.