Em São Luís

Polícia indicia vigilante suspeito de esfaquear cadela em faculdade

Célio Ferreira vai responder pelo crime que deixou a cadela Nemeria cega.
Imirante.com, com informações do G1MA12/09/2019 às 10h44
Polícia indicia vigilante suspeito de esfaquear cadela em faculdadeCadela ficou cega após o crime. (Foto: Divulgação/Cães e Gatos de Rua SLZ)

SÃO LUÍS – O vigilante, identificado como Célio Ferreira, suspeito de esfaquear uma cadela na Faculdade Kroton/Pitágoras, no bairro do Turu, foi indiciado pela polícia.

Leia mais:

Vigilante suspeito de esfaquear cadela em faculdade nega crime

Cadela é encontrada esfaqueada nas dependências de faculdade em SL

O crime contra a cadela aconteceu no dia 27 de agosto e, dois dias depois, o vigilante se apresentou à delegacia, negando o crime.

A cadela Nemeria perdeu a visão após as perfurações na cabeça. A previsão é que ela tenha alta até este domingo (15).

A faculdade afastou o vigilante e informou que “ repudia veementemente qualquer ato de violência contra animais”. A instituição ainda arcou com as despesas da cadela na clínica veterinária.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.