Investigação

Suspeitos de terem matado motorista de ônibus são conduzidos pela polícia

Imagens de câmera de segurança e vídeo monitoramento ajudaram nas buscas.
Imirante.com / com informações da SHPP e rádio Mirante AM15/03/2019 às 11h37
Suspeitos de terem matado motorista de ônibus são conduzidos pela políciaImagens de câmera de videomonitoramento ajudam nas buscas dos suspeitos. (Foto: divulgação)

SÃO LUÍS – Foram conduzidos, ainda na manhã desta sexta-feira (15), dois suspeitos de terem assassinado o motorista de ônibus Alex de Paulo Oliveira, de 36 anos, por volta das 5h30, em uma parada, próxima ao Ceprama. As informações são da Polícia Militar.

Saiba mais: Motorista de ônibus é morto com tiro na cabeça em parada de São Luís.

Segundo informações do delegado Lúcio Reis, Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), os suspeitos mataram o motorista, após tentarem roubar a mochila da vítima, enquanto esperava uma carona para ir ao serviço. Durante a ação, os Alex de Paulo ainda travou uma luta corporal com os criminosos, mas acabou sendo baleado na cabeça por um deles.

Após o crime, os dois suspeitos teriam fugido e se escondido em uma área de mangue próxima à barragem do Bacanga.

Imagens de câmera de monitoramento que fica próxima ao local do crime estão sendo usadas para elucidar o crime. O superintendente também informou, em entrevista a rádio Mirante AM, que os PMs que primeiro chegaram a ocorrência serão ouvidos para ajudarem nas investigações.

Ainda segundo a polícia, quatro pessoas, entre elas um adolescente, suspeitas de envolvimento no crime que matou o motorista Alex de Paulo Oliveira foram localizados, ainda na manhã desta segunda-feira (15), na região do bairro Sá Viana, e conduzidos para averiguação na sede da SHPP. A identidade dos três maiores de idade ainda não foi revelada.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.