Operação "Coffee Shop"

Quatro pessoas são presas por venda de drogas em frente a bar na Lagoa da Jansen

Além dos presos em flagrante, os policiais também conduziram uma mulher que vendia suposto brownie de maconha.
Imirante.com23/02/2019 às 11h20
Quatro pessoas são presas por venda de drogas em frente a bar na Lagoa da JansenAs quatro pessoas presas foram identificadas como Edison Breno Silva Rabelo, Carlos Humberto Aranha Pires, Natalina de Jesus Ferreira e Rafael Silva Coelho. (Foto: divulgação)

SÃO LUÍS - A operação "Coffee Shop" foi deflagrada na noite dessa sexta-feira (22), pela Polícia Civil, por meio da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc), e resultou na prisão em flagrante de quatro pessoas que estavam comercializando drogas, na frente de um bar, conhecido como Veneto Club, na região da Lagoa da Jansen, em São Luís.

De acordo com informações da polícia, as quatro pessoas presas foram identificadas como Edison Breno Silva Rabelo, Carlos Humberto Aranha Pires, Natalina de Jesus Ferreira e Rafael Silva Coelho.

Segundo a polícia, a Senarc passou a realizar investigação após diversas denúncias dando conta que naquele local havia intensa venda e consumo de drogas. A partir dessas informações, a operação foi deflagrada na noite de sexta-feira, sendo encontrada com os suspeitos uma quantidade de cocaína e maconha.

Todos os detidos foram conduzidos à sede da Senarc, onde foram autuados em flagrante delito pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Após os trabalhos, os presos foram encaminhados ao Sistema Prisional onde ficarão à disposição do Poder Judiciário.

Bronwnie de maconha

Além das prisões mencionadas, a polícia informou que uma mulher também foi conduzida por estar com uma pequena quantidade de maconha e uma cesta de brownies, os quais ofertava como sendo doces com maconha. Em seu desfavor foi lavrado Termo Circunstanciado de ocorrência - fato tipificado como infração de menor potencial ofensivo -, bem como instaurado inquérito policial para apuração de possível crime de tráfico de drogas haja vista a necessidade de exame pericial mais detalhado para a comprovação da presença da substância cannabis sativa no alimento.

A polícia informou, ainda, que foram realizados outros Termo Circunstanciado de ocorrência por uso de maconha e cocaína contra três frequentadores do local.

Operação "Coffee Shop"

A operação Coffe shop é uma alusão aos famosos bares holandeses em que é permitida a venda e o consumo de drogas.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.