Investimentos

Fonte renovável e limpa já é realidade no Maranhão

Com o grande potencial eólico da região, o parque já está em expansão, o que tem movimentado o comércio e turismo locais.
Publipost31/10/2018 às 07h00

SÃO LUÍS - O primeiro parque eólico do Maranhão está localizado entre as cidades de Paulino Neves e Barreirinhas. Construído pela Omega Energia, o complexo é composto por 96 aerogeradores. Juntos, eles são capazes de gerar 220,08MW. O investimento de R$ 1,5 bilhão gerou 1,5 mil empregos diretos e cerca de 2 mil indiretos somente na fase de implantação. Com o grande potencial eólico da região, o parque já está em expansão, o que tem movimentado o comércio e turismo locais. Nesta fase de ampliação, por exemplo, cerca de 60% da mão de obra contratada é local.

Com a inclusão do Maranhão no mapa da geração de energia limpa e renovável, o estado passou a contribuir significativamente para a mudança da matriz energética do país, hoje ainda dependente das hidrelétricas. Mas pelas previsões da ABEEólica, Agência Brasileira de Energia Eólica, a energia eólica será a principal fonte de geração já nos próximos 3 anos.

“O potencial eólico do Maranhão colocará o estado, muito em breve, na dianteira do ranking da geração de energia renovável no país. Com a expansão do complexo, já em andamento, passaremos a ter capacidade para gerar 328,8MW, o suficiente para abastecer 2,5 milhões de residências”, afirma otimista Antonio Bastos, presidente da Omega Energia.

Com a inclusão do Maranhão no mapa da geração de energia limpa e renovável, o estado passou a contribuir significativamente para a mudança da matriz energética do país.

Além de gerar energia limpa e renovável, o parque eólico tem garantido a chegada do desenvolvimento socioeconômico para a região. A empresa destinou mais de R$ 5 milhões para obras de infraestrutura, educação e lazer em Paulino Neves. Até o primeiro trimestre do ano que vem, o município terá 5km de calçamento ecológico, a Escola Municipal Raimundo Bernardo Silva reformada e ampliada, além de uma nova quadra poliesportiva.

“Temos uma atuação abrangente e socialmente responsável nas regiões onde atuamos. Para além das obrigações legais e éticas, buscamos promover soluções para as comunidades. No caso de Paulino Neves, por exemplo, incentivamos e contribuímos com a elaboração do Inventário Turístico e do Plano Diretor, dois documentos importantes para o fomento do potencial turístico da região e crescimento ordenado do município”, relembra Ana Carolina Guimarães, diretora de Assuntos Técnicos da Omega Energia.

Olho:

“O potencial eólico do Maranhão colocará o estado, muito em breve, na dianteira do ranking da geração de energia renovável no país”, Antonio Bastos, presidente da Omega Energia.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2018 - Todos os direitos reservados.