Negociações

Reunião vai definir se agenda de paralisação de rodoviários continuará

Para lutar pelos direitos da classe, sindicato pretende parar uma empresa por dia.
Imirante.com, com informações da Mirante AM21/03/2018 às 06h47
Reunião vai definir se agenda de paralisação de rodoviários continuaráÔnibus da empresa Primor ficaram retiros nessa terça. (Foto: Biné Morais/O Estado)

SÃO LUÍS – O Sindicato dos Rodoviários reúne-se na manhã desta quarta-feira (21) com a Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT) para tratar dos assuntos que levaram a uma paralisação de advertência, ontem (20), na porta da Viação Primor.

Você viu?

Rodoviários fazem paralisação de advertência na porta da Primor

Paralisação causa longa espera por coletivos no terminal da Cohama

A categoria alega que está impedida de usufruir do plano de saúde apesar de estar sendo descontado na folha de pagamento. O problema se espalha por todas as empresas da capital. Segundo o presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, Isaías Castelo Branco, na manhã de hoje, eles conversaram com trabalhadores da Viação Abreu, que estariam inclusive com salários atrasados.

A ideia do sindicato é parar uma empresa por dia para que a população não seja tão afetada. Mesmo assim, os transtornos aparecem. Com a paralisação de advertência na Primor, muita gente esperou ônibus por muitas horas; houve aglomeração no Terminal de Integração da Cohama.

Ainda está prevista para hoje, de acordo com Isaías, uma reunião com a Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB). “A partir de amanhã, caso não se resolva, aquela agenda de paralisação nas empresas permanece”, declarou em entrevista a Rádio Mirante AM. Ouça:

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.