Vítima morreu no hospital

Acidental? Filho de policial militar atira na orelha dele dentro de motel

Horas após a internação, o jovem veio a óbito; o caso ainda será investigado.
Imirante.com, com informações da SSP-MA29/07/2016 às 21h32

SÃO LUÍS – O filho de um policial militar, identificado como Washington Luís Cantanhede Santos Filho, 20 anos, morreu após sofrer um possível tiro acidental na orelha, na noite desta sexta-feira (29), dentro de um motel da capital.

Segundo informações da assessoria de comunicação da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), o filho do PM, que era morador do bairro do Maiobão, em Paço do Lumiar, chegou ao motel acompanhado por duas mulheres, que não foram identificadas. Dentro do quarto, ele teria disparado um tiro na orelha esquerda dele.

O homem foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado para o Hospital Djalma Marques (Socorrão I). Horas após a internação, o jovem veio a óbito.

As circunstâncias do possível tiro acidental ainda não foram divulgadas. O caso ainda será investigado.

Informações da polícia apontam que o jovem teria dito às acompanhantes que era do Batalhão de Choque da Policial Militar. No entanto, após verificação no sistema, foi constatado que, na verdade, quem é policial militar é o pai dele.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.