Fuja de problemas

Seis dicas para evitar curtos-circuitos na rede elétrica da sua casa

Subdiretor do Corpo de Bombeiros dá dicas para evitar possíveis incêndios.
Imirante.com24/11/2015 às 11h00

SÃO LUÍS - Um hábito muito comum do brasileiro é deixar para fazer reparos ou manutenções na rede elétrica apenas quando acontece algum problema. No entanto, por causa de alterações e adaptações mal feitas - às vezes promovidas pelos próprios moradores - não é nada raro que aconteçam curtos-circuitos e incêndios. Mesmo que pareça simples, é importante que esse trabalho seja feito por um profissional, porque isso pode evitar muitos acidentes em casa.

Após os dois incêndios registrados nessa segunda-feira (23), que podem ter sido causados por curtos-circuitos, o Imirante.com procurou o subdiretor de atividades técnicas do Corpo de Bombeiros do Maranhão, Welligton Soares, e separou seis dicas básicas de como evitar esse tipo de problema em casa. Veja:

Faça a manutenção frequente da rede elétrica

"Fazer a manutenção da rede com um profissional capacitado para fazer isso é a dica mais importante, porque as pessoas insistem em querer fazer esses serviços sozinhas e acabam fazendo gatos e instalações mal feitas", explica.

Tome cuidado com as goteiras

"Se a casa da pessoa tem goteiras, é importante que ela verifique se ela não está caindo em cima de alguma rede de fiação. Um problema desse tipo pode gerar um incêndio. Isso é muito comum de acontecer em casarões antigos, como os do nosso Centro Histórico, por exemplo. Já registramos vários pequenos incêndios por causa disso", diz.

Evite muitos aparelhos em uma mesma tomada

"Cada tomada tem uma corrente de energia máxima que ela suporta. Se a pessoa colocar muitos aparelhos em uma tomada, é provável que esse limite seja ultrapassado e acabar causando um curto-circuito", alerta.

Cheque se os fios estão encapados

"É importante observar se os fios estão encapados corretamente, porque a qualquer sinal deles estarem descascando, amassados ou com corrosão, eles devem ser substituídos imediatamente", avisa.

Tire as crianças de perto das tomadas

"A gente vive em tempos onde a criança tem muita liberdade para fazer o que quer, mas é preciso muito cuidado para evitar que elas manuseiem cabos, coloquem esses cabos em tomadas, como carregadores, por exemplo. O cuidado tem que ser redobrado, porque isso também pode causar um curto", conta.

Sinalize quadros de luz

"Nem todo mundo entende o que é um quadro de energia, onde está passando corrente elétrica ou não, então é importante sinalizar, para quando as pessoas olharem, conseguirem identificar", ressalta.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.