Acidente

Organizadores da festa Playground devem depor em 30 dias

Inquérito foi instaurado na Delegacia do Bequimão; Jovem acidentado permanece em coma.
Diego Torres / Imirante.com18/09/2013 às 16h04

SÃO LUÍS - A delegada Rizza Caldas, titular do 4º Distrito Policial (Bequimão) disse que os organizadores da festa ocorrida no Espaço Reserva onde o jovem Jonathan Costa serão intimados a prestar esclarecimentos em até 30 dias.

Segundo a delegada, nesta primeira etapa do inquérito, apenas familiares e amigos da vítima serão ouvidos e somente após este momento é que os organizadores e responsáveis pelo brinquedo prestarão esclarecimentos.

Na manhã de terça (17) oficiais do Corpo de Bombeiros, do Instituto de Criminalística (ICRIM) e do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Maranhão (CREA-MA) estiveram no local do acidente para elabora um laudo que vai apontar eventuais falhas mecânicas e o que pode ter causado o acidente. O diretor do ICRIM, Carlos Henrique Roxo, informou que o prazo para a conclusão do laudo também é de até 30 dias.

Sobre o estado de saúde de Jonathan, a assessoria de comunicação do Hospital onde está internado disse que ele permanece em coma e novos exames de imagem foram solicitados para uma nova avaliação.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.