Investigação

Criança é encontrada morta em casa com disparo de arma de fogo em São José de Ribamar

Família da vítima diz que o disparo foi acidental, entretanto, Polícia Civil não descarta outras possibilidades.
Imirante.com13/10/2020 às 19h09
Criança é encontrada morta em casa com disparo de arma de fogo em São José de RibamarCaso foi registrado no bairro Moropoia, em São José de Ribamar. (Foto: Alessandra Rodrigues / Mirante AM)

SÃO JOSÉ DE RIBAMAR – Uma criança, identificada como João Pedro Moraes de Lima, de 12 anos, foi encontrada morta, no sofá da residência onde morava, na tarde desta terça-feira (13), no bairro Moropoia, em São José de Ribamar, na Região Metropolitana de São Luís.

Segundo informações da Polícia Civil do Maranhão, a família da vítima acionou as autoridades policiais informando que a criança tinha sido atingida por um disparo acidental de arma de fogo. Equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local para prestar socorro, mas João Pedro já havia morrido.

Peritos do Instituto Criminalística do Maranhão (Icrim-MA) estiveram no local e constataram que a causa da morte do menino foi um disparo de arma de fogo. Entretanto, a arma não foi encontrada no local, o que intriga a polícia, levando a não descartar outras possibilidades, como a de homicídio, por exemplo.

Segundo o delegado Paulo de Tarso, da Polícia Civil, os pais da criança e vizinhos serão ouvidos. “A gente vai ter que ouvir algumas pessoas logo de pronto, hoje mesmo, para colher algumas informações e chegar alguma conclusão de início”, informou o delegado.

De acordo com um dos peritos do Icrim, o corpo da vítima foi encontrado deitado no sofá, levando a crer que foi o local onde João Pedro foi atingido pelo disparo. “É uma situação muito estranha no local, principalmente pela localização da ferida”, disse o perito identificado como Jocélio.

O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passará por novos exames.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.